16 setembro 2007

Petição dos Radares

Promotor de petição dos radares recebido na Câmara de Lisboa
O promotor da petição que defende o aumento do limite de velocidade para 80 Kilómetros/hora de alguns radares em Lisboa, foi recebido no dia 13 de Setembro, pelo vereador da Mobilidade da Câmara Municipal. A petição «Lisboa - Pela conversão do limite dos 50 km/h em 80 km/h», também conhecida como «Radares 50->80», já reuniu mais de 9.600 assinaturas.
Em declarações, Fernando Penim Redondo - um reformado de 62 anos que assegura «já ter conduzido milhões de quilómetros sem uma multa ou um acidente» - afirmou que espera ser informado pelo vereador Marcos Perestrello «acerca dos estudos que estarão em curso para avaliar a correcção dos locais onde os radares estão colocados e do limite de velocidade aplicado». «Em função do que me for dado a conhecer, poderei ter algo a dizer», acrescentou Fernando Penim Redondo, que descreve a sua petição - dirigida ao presidente da Câmara de Lisboa, António Costa - como «um gesto espontâneo e individual».
O número de assinaturas já reunidas revela, na sua opinião, «que muitas pessoas a conduzir em Lisboa se revêem nas queixas ali formuladas e questionam o sentido dos 50 quilómetros por hora, sobretudo no prolongamento da Avenida dos Estados Unidos da América», afirmou o promotor da iniciativa. No texto, alojado em www.petitiononline.com/dotecome/petition.html, lê-se que «os radares instalados pela Câmara Municipal de Lisboa, que impõem limites de 50 quilómetros à hora em locais como a Av. Infante D. Henrique, a Av. de Ceuta, a Av. Marechal Gomes da Costa e a Av. Gago Coutinho são uma verdadeira aberração».
«Quem os decidiu não deve, não pode, ter a noção do que significa na prática uma tal velocidade», que «dá sono, propicia distracções, provoca travagens bruscas e emperra visivelmente a circulação», adianta a petição. Para o promotor, «o limite de 50 km/h foi imposto precisamente nos locais onde, pelas características da rodovia, os lisboetas podiam, depois de muitos engarrafamentos, andar um pouco mais depressa sem correr grandes riscos», pelo que «há que corrigir esta absurda prepotência».
A petição termina solicitando a António Costa que «tome as medidas necessárias para converter o actual limite dos 50 km/h em 80 km/h em todos aqueles troços que sejam do tipo via rápida, com quatro faixas de rodagem e baixa frequência de atravessamentos».

3 Comentários:

Anonymous beatriz c. disse...

Nem me importava que Loures trocasse estas limitações e as colocassem no troço do IC2 ou da CRIL entre o Tunel do Entreposto e a Bobadela, mas que limitassem para os 80Km/h. Sempre se podia descansar de noite e os aceleras poupavam no combustivel.
Senhores autarcas pensem nisso para o bem estar dos vossos " fregueses"

12:01 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Já assinei e considero ser uma actuação correcta pretender corrigir uma situação mesmo aberrante. è o que se chama extorquir dinheiro ao contribuinte bom pagador.

6:44 da tarde  
Blogger F. Penim Redondo disse...

Se querem seguir os desenvolvimentos da Petição de que fui o iniciador podem visitar
http://radares50-80.blogspot.com/

Coloquei um link para o vosso blog.

Também moro na Portela, desde 1973.

8:47 da manhã  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial