13 outubro 2017

TENIS - Como correu o Concurso ?

 Concurso para a concessão e exploração do espaço destinado ao Ténis.
Aguardam-se com alguma expectativa  os resultados do Concurso para a Concessão e Exploração do Espaço de Tenis, onde se desenvolve uma das mais antigas actividades federadas da Associação dos Moradores da Portela.
Se o Concurso ficar em branco, o que é que vai acontecer?

Etiquetas: ,

11 outubro 2017

FUTSAL - Jogos de Fim de Semana

09 outubro 2017

TENIS - Campeonato Nacional de Veteranos


No passado fim-de-semana, a Associação dos Moradores da Portela participou no Campeonato Nacional de Veteranos em Vale de Lobo e obteve as seguintes classificações:
- Manuel Coelho da Silva: Vice Campeão Nacional +65
- Alexandre Sanches: Campeão Nacional de Pares +40
- Manuel Coelho da Silva e António Serrano: Vice-Campeões Nacionais de Pares + 65
- Mario Almeida: Vice-Campeão de Pares Mistos +60

Parabéns a todos os atletas pelo excelente resultado obtido!

Etiquetas: ,

07 outubro 2017

FUTSAL - Jogos de Fim de Semana

SENIORES
M.T.B.A. - AMPortela/ZonaOptica   4-1
Jogo dificil em que a Portela bem tentou, mas o adversário foi superior

JUNIORES
Academ. Ciências - AMPortela  6-3
Jogo entre duas equipas equivalentes mas com sortes diferentes. Mais uma vez esta equipa da Portela fez um jogo com pouca técnica  e com uma táctica atabalhoada.
Esta época vai ser dificil que a equipa da Portela faça um jogo sossegado. Os seus atletas não têm a habilidade inerente ao futsal e têm alguma dificuldade em levar a bola para a frente e criar desequilíbrios. Há capacidade defensiva e será esta que tem que ser bem aproveitada para poderem impor um certo ritmo de jogo e aproveitar essas circunstancias para derrotar os adversários.Perdem-se muitas bolas nas trocas e retrocas e não se conseguem meter bolas na frente que criem perigo. Apesar de haver equilibrio chega-se ao intervalo a perder por 2-0. As oportunidades de golo criadas foram falhadas á boca da baliza por nitida falta de calma e de jeito para as meter lá dentro.
Um inicio de segunda parte mais calmo e com presssão por parte da Portela que teve um pivot atento que provocava oportunidades flagrantes de golo o que aconteceu ate se chegar ao empate a 2-2.
Quando se pensava que a Portela viesse a pressionar e jogar com bola corrida, começou o festival das asneiras, com fintas e maus passes que deram a reviravolta para o adversário. Deixar andar em campo jogadores arrastados já pelo cansaço são efectivamente um risco. O adversário aproveitou bem esse facto e não falhou. 
Já são jogos a mais e golos a mais em que as asneiras vêm ao de cima com muita facilidade. Esta equipa não pode jogar como jogava nos últimos anos. Não tem atletas para isso. 
Há que trabalhar a equipa tacticamente para alterar este tipo de jogo tão previsível e tão fácil dos adversários anularem.

.
JUVENIS
AMPortela - C.Futsal Oeiras  2-3


Etiquetas: ,

Resultados Eleitorais para a Freguesia de Moscavide-Portela

Numa analise às votações nas mesas da Portela e de Moscavide

PORTELA
PSD         2220
CDU          535
NOS        1331
PS            1469

MOSCAVIDE
PSD         501
CDU        629
NOS        317
PS          1837

* Um numero significativo de votos da Portela  na NOS de Manuela Dias
* Um PS que na Portela não chega a ter metade dos votos  do PSD+NOS
* Um PS que em Moscavide tem mais do dobro dos votos do PSD+NOS

 Uma realidade  que condena esta União das Freguesias . A Portela e os Jardins do Cristo Rei não têm
nada em comum com Moscavide a não ser o viaduto que as une e a CRIL que as separa.

05 outubro 2017

FUTSAL - Jogos de Fim de Semana e no Feriado dia 5 Out.

SENIORES
AMPortela/ZonaOptica - UC Olho Marinho  2-3
Jogo com pendor ofensivo do Olho Marinho sendo a equipa mais forte do encontro.
A AMPortela esta epoca com uma equipa muito jovem e com novos jogadores no plantel vai ter de lutar e trabalhar muito esta época para se manter bem ao nivel do Campeonato.
Contra uma equipa muito mais experiente, a AMP foi deixando que o adversario tomasse a iniciativa do jogo esperando pelos seus erros defensivos. Por isso poucas oportunidades teve mas o adversário so consegue inaugurar o marcador ao acabar a 1ª parte. Resultado certo para o jogo que se estava a desenrolar. havia sempre uma esperança para o inicio da 2ª parte, mas uma precipitação com erro de um atleta da Portela para libertar a bola na sua area deu asneira que o adversario aproveitou e marcou. Praticamente este golo sentenciou o resultado do jogo.. Numa jogada rapida numa recuperação de bola a meio campo o adversário marc um golo de belo efeito fazendo o 0-3.
Havia a vontade da portela fazer qualquer coisa de melhor e a 1 min do final reduz para 1-3 e na jogada seguinte faz um belíssimo golo dando o 2-3
A 20 s do final  ainda se pensou que a reviravolta fosse possível mas o remate saiu ao lado.
Uma arbitragem normal mas com receio da marcação de faltas a partir de certa fase do jogo. Na 2ª parte aos 8 min o Olho Marinho tinha já 4 faltas mas a dupla de arbitragem a partir dai deixou praticamente de marcar faltas...e ate flagrantes...marcando a 5ª a 2 m do fim. Naturalmente que com esse critério a equipa que saiu mais prejudicada foi a da Portela que podia ter tido uns 3 livres directos já nos minutos finais com um deles na ultima jogada.
Apesar de tudo o resultado é aceitável ate pelo esforço e determinação dos jovens atletas da Portela
JUNIORES
CAD-Academico Desportos - AMPortela  11-3

Jogo muito mal abordado pela AMP que aos 5 minutos já perdia por 3-0. A experi~encia da equipa técnica da AMP e a própria experiência dos seus atletas a jogar neste campo merecia uma abordagem mais cautelosa com uma defesa mais consistente. Querer entrar a jogar de igual para igual
 foi o risco que se correu dando um resultado de 7-1 ao intervalo sem apelo nem agravo.  Foram raros os passes certos, os desarmes certos e os remates à baliza.  Parece que o único remate foi o que deu golo. A desorientação foi tal  que o guarda redes da AMP  ao querer fazer um atraso para um defesa meteu a bola na própria baliza. Na 2ª parte esperava-se levantar outros tantos ou recuperar algum desconforto. Continuou-se a querer jogar de igual para igual e com mais 5 minutos já a conta ia em 10-1. O sdversário levantou o pé com muitas substituições e aí o jogo repartiu-se. acabando com 11-3.
Resultado pesado mas que não surpreende pois sem uma defesa consistente e não jogando cá atras daria no que deu. A AMP não tem jogadores apurados para jogar de igual para igual  com este CAD.
Mais jogos vão haver neste Campeonato e mais equipas idênticas ao CAD vão aparecer. 
 JUVENIS
 AMPortela - Acad. Jonhson  1-4
 Um jogo equilibrado durante muito tempo mas com poucas oportunidades por parte da AMP. A Portela não tem atletas desequilibradores nem com habilidade suficiente para levar o jogo para a frente. As características dos seus atletas obriga a um "jogo esticado", pois há ali características de jogadores vindo do futebol de 11.
Há que fixar alguns atletas com características defensivas que cumprem bem esses funções e que poderão "empurrar" os tais atletas possantes mas sem futsal.
E assim os adversários que joguem se quiserem que os nossos saberão o que estão a fazer.
Vamos melhorar as tácticas em campo.

JUNIORES
AMPortela - Fonsecas Calçada  3-2
.
JUVENIS
AMSAC - AMPortela  5-3

Etiquetas: ,

04 outubro 2017

Afinal acabou-se a festa da Portela

Uma opinião de Miguel Matias  sobre o cancelamento das Festas da Portela
Sabemos que na Portela, Bairro onde "aterrei" com 12 anos vindo de Angola - como muitos outros -, criou raízes "históricas" e de "identidade" um momento. As Festas da Junta de Freguesia, local onde os Portelenses, em 3 dias de um fim de semana de Outubro (6,7 e 8) se reunem. Local onde as "forças vivas" da Portela manifestam a sua actividade sendo, elas mesmas, o coração dessa união. Marcadas que foram - com sempre - para o próximo fim de semana as ditas "festas", prepararam-se as entidades convidadas a participar. Fizeram-se encomendas, alinhavaram-se compromissos, fizeram-se "escalas" de voluntários para que, esse momento, unico, voltasse a unir.
Até aqui sem qualquer surpresa.
Mas, ontem à tarde, "cai a bomba".
Um email, protagonizado por um Funcionário da Junta, em representação da Presidente da dita cuja em exercício, cancela o evento.
Razão aparente e formal: o próximo executivo que as marque!
Razão material e verdadeira: uma derrota evidente, clara e marcante da candidata Manuela Dias, a referida Presidente em exercício da Junta.
Isto parece "comesinho" e razão de sentir apenas e só de quem vive e vive aquele bairro.
Mas não! Para além disto e por trás disto está só e apenas um ressabiamento pela derrota.
Um não saber que a Democracia é feita de rotação política que tem e deve ser respeitada, mantida e cultivada.
Nada tenho de pessoal contra ninguem envolvido nesta contenda. Não! Apenas e só uma manifestação objectiva de um desagrado pela "ausência", pela "fuga", pelo "não saber perder", pela falta de "cultura democrática" e, acima de tudo isto, um manifesto desrespeito, desconsideração e despreocupação com a população.
Estes são os caminhos perigosos que vamos trilhando se, a nossa habitual falta de atenção, de envolvimento e de participação na vida social continuarem a ser como são.
Sim, porque a Democracia é difícil!
É sim, mas é ela e por causa dela que - em liberdade - posso hoje dizer o que digo.
E, sendo difícil, a Democracia também é frágil.
Se nos alhearmos, se não quisermos saber e se não estivermos aqui a manifestar a nossa indignação, quando dermos conta, já este modelo político passou à história e, em sua substituição, o autoritarismo, o autismo e o populismo darão origem a um sistema "musculado".
Esse - eu - não quero!

Etiquetas:

02 outubro 2017

Ricardo Lima de Moscavide será o Novo Presidente da Junta de Moscavide e Portela

O Partido Socialista vence as eleições na Freguesia depois de uma desavença da presidente Manuela Dias e da estrutura do Partido por onde tinha sido eleita.
A estrutura do PSD apresentou lista própria tendo retirado a confiança politica a Manuela Dias o que a levou a apresentar-se e a concorrer pelo NOS.
 Com esta guerrilha" aproveitou e bem o Partido Socialista de Ricardo Lima que faz 3.306 votos contra os 2.721 do PSD de Jorge Antunes e 1.648 votos do NOS de Manuela Dias. Estes desavindos valeriam 4.369 votos muito idêntico aos resultados 2013 tendo mais 290 votos (4.079) votos. Curioso que ambos subiram da mesma forma. O PS subiu 229 votos e os outros 2 concorrentes subiram 290 votos. Para um trabalho de tanta propaganda ao longo de meses não se pode valorizar um resultado que é fruto duma luta fraticida e em que os valores foram quase idênticos.

O PS manteve a mesma diferença de votos de 2013 quando tinha sido derrotado estrondosamente pela diferença de 3.077 para 4.079. Foram uns 1.002 mais de 1.000 votos e agora foi de 3.306 para 4.369 mais de 1.000 votos tambem, 1.063 votos. Ou seja o PS sem ter subido nada e sem ter feito melhor do que em 2013 vai governar a Freguesia. E como será sem maioria absoluta?
Quem irá dar a cambalhota para se coligar com o PS na Assembleia de Freguesia? Os eleitores a partir de agora só terão de exigir o cumprimento das promessas dos seus eleitos.
Aos vencedores dão-se sempre os Parabens e deseja-se sempre um bom trabalho. É preciso é ser-se competente.Vamos aguardar por um mandato competente e sem sobressaltos.

01 outubro 2017

Saiba aonde votar...

 Ao consultar o link, fica a saber onde votar

https://www.recenseamento.mai.gov.pt/index.aspx

Consulta dos cadernos de recenseamento

Saiba o seu número de eleitor e a freguesia ou distrito consular a que pertence
 


Modificar Código
Captcha image

28 setembro 2017

Campanha Eleitoral na Freguesia - Cartazes

JORGE ANTUNES
MANUELA  DIAS
RICARDO  LIMA
CARLOS  LUZ
ANDRE JULIÃO

RUI  SILVESTRE

Etiquetas: ,

26 setembro 2017

Carlos Luz- É o candidato da CDU na Freguesia


Carlos Luz é o candidato da CDU à presidência da Junta de Freguesia da União de Freguesias de Moscavide e Portela
O candidato foi apresentado publicamente, este sábado, 25 de março, em sessão realizada na Avenida de Moscavide e que contou com a participação de Bernardino Soares, presidente da Câmara Municipal de Loures e novamente candidato da CDU à presidência da Câmara.
Nas suas intervenções, os candidatos realçaram que a candidatura da CDU é a única capaz de garantir à frente dos destinos da Junta de Freguesia, uma equipa focada em trabalhar apenas e só em prol da população da freguesia, em contraponto a um PSD interessado apenas e só nas suas guerras internas e ao um PS interessado em recuperar a presidência da Junta de Freguesia de modo a voltar ao passado com uma gestão clientelista e dinástica de tão má memória para a população de Moscavide.
Carlos Luz é licenciado em Educação Física, integra o quadro de professores efetivos da Escola Básica Gaspar Correia, desde 1981, tendo desempenhado cargos de coordenação foi responsável pelo desenvolvimento de vários projetos específicos de entre os quais se destaca a coordenação do Acampamento da Gaspar Correia.
Deu início à sua atividade desportiva em 1996, com o Judo, conciliando durante décadas, na sua atividade profissional, o ensino e treino do judo, com a docência, nomeadamente como professor no Instituto Helen Keller.

A equipa do CDS/PP para a Assembleia de Freguesia

24 setembro 2017

FUTSAL - Jogos de Fim de Semana

SENIORES 
GD Mendiga - AMPortela/ZonaOptica 3-4 
Para inicio do Campeonato, uma vitoria fora de casa é sempre um resultado positivo e motivador..
Vamos com calma fazer um Campeonato sossegado.
Com uma equipa muito renovada e com atletas muito novos a ambição nesta época é fazer  um bom Campeonato  e construir uma equipa de futuro.
Uma arbitragem tendenciosamente caseira não conseguiu derrotar os nossos atletas.
 JUNIORES
Of. S.Jose - AMPortela 3-3
Depois de ter estado a ganhar ao intervalo por 0-3 a equipa da Portela fez uma 2ª parte decepcionante, deixando-se empatar e quase a perder o jogo nos ultimos instantes.
FisicaCrtaram o andamento da 2ª parte apesar do adversário ser uma equipa significativamente inferior. Já na jornada anterior aconteceu o mesmo. Sofrem-se os dois últimos golos em livres directos após as 5 faltas.Remates quase à figura em que o guarda redes ao fazer-se à bola, encolhia-se.... e as bolas entraram. Não se compreendeu. Um ou outro atleta acabou o jogo arrastando-se, comprometendo a perda de bolas em momentos decisivos. Ha que trabalhar mais pois quando a força chegar esta equipa ainda vai dar-nos algumas surpresas.
JUVENIS
Casal do Rato - AMPortela  2-2 
Jogo equilibrado entre duas equipas ainda à procura de posicionamento nos jogos. Equipas limitadas de atletas e de tecnica. Muito há que trabalhar.

Etiquetas: ,

23 setembro 2017

Feira de Antiguidades



Etiquetas:

22 setembro 2017

Morreu a Ultima Palmeira das Rotundas da Portela.

Resistiu ate agora a ultima Palmeira que existia viva nas Rotundas da Urbanização. Daqui a pouco tempo as pessoas vão-se esquecer que existiram muitas dezenas de Palmeiras na Portela. Pode ser que com as eleições alguem ainda se lembre que existem duas no Jardim da Cooplar à entrada da Portela. Será mesmo heroica a atitude de quem as salvar.

20 setembro 2017

Concerto -Musica Tradicional

17 setembro 2017

FUTSAL - Jogos para o Fim de Semana

A 1ª Equipa de Futsal da AMP - Campeã Feminina de Lisboa 1985

JUNIORES
AMPortela - GD Cascais  2-2
Pav. Arco Iris 
Domingo   Dia 17 - às 17: 00 horas

JUVENIS
AMPortela - Academico Ciências  2-6
Pav. Arco Iris 
Domingo   Dia 17 - às 15: 00 horas

Etiquetas: ,

15 setembro 2017

AMPortela TENIS - Concessão e Exploração

 Concurso para a concessão e exploração do espaço destinado ao Ténis.
A Associação dos Moradores da Portela informa que está em concurso a concessão e exploração das suas instalações de ténis a partir de 2018. Pretende-se selecionar uma entidade que esteja interessada e que reúna as condições para desenvolver a atividade do ténis juntamente com a respetiva escola. Nesse sentido, encontra-se disponível um « Caderno de Encargos » que poderá ser solicitado para os seguintes e-mails : barroso.miguel74@gmail.com , mariocostalmeida@gmail.com As propostas deverão ser enviadas até às 20 horas do dia 6 de Outubro de 2017, nas condições mencionadas e para os seguintes endereços de e-mail : carla.fmarques@hotmail.com, barroso.miguel74@gmail.com, mariocostalmeida@gmail.com, luis.t.gouveia@sapo.pt. ou então entregues em envelope fechado na sede da Associação de Moradores da Portela

Etiquetas: ,

Feira Coisas e Loisas - 16 Setembro

14 setembro 2017

Ha coisas que não podem acontecer...

A vandalização da propaganda eleitoral é uma realidade. A Portela não escapou a isso.



Etiquetas: ,

10 agosto 2017

E é assim que a Freguesia trata os seus fregueses.

Depois de uma grande fobia com a implantação de pilaretes por toda a Portela acontece agora nos passeios perto da entrada dos Lotes.
Grande parte dos condomínios demarca nas entradas dos patios dos seus Lotes  um espaço para  parqueamento duma viatura, dificultando ate a saída das suas garagens. Agora querem mais.  Se esse lugar interior estorva...eles lá se entenderiam uns com os outros. A maioria dos Lotes ocupa esse espaço à saída aproveitando aproveitando-os a seu belo prazer.
Agora solicitarem os bons ofícios ( ou maus) do Executivo da Junta de Freguesia para lhes fornecerem e montarem  uns pilaretes nos passeios com as cores e feitios oficiais da Junta é que nem lembraria o diabo.
A Portela já de si era deficitária em locais de estacionamento e teve que ver uma ciclovia a roubar-lhes vários estacionamentos, e agora com a colaboração da Junta ainda eliminar mais espaços a contento de alguns condomínios que preferem ter um lugar marcado no terraço e ocupar tambem os passeios públicos. Será que a Junta lhes vai cobrar uma taxa de ocupação de via publica?
Alem de ficar feio é um atentado ao interesse publico.
Vejam que agora ja la arrumam o lixo no passeio. Era para isso?
Será que isto já foi causado pela proximidade das eleições? Tirem de lá o 2º pilarete o mais rápido possível

Etiquetas: ,

01 agosto 2017

Jorge Antunes - Candidato pelo PSD/PPM à Junta de Freguesia

22 julho 2017

Aqui foi o Jardim Infantil da Portela

Aqui foi o Jardim Infantil da Portela...e agora?

Etiquetas: ,

Associação Moradores da Portela - Dança Jazz

Ao participar pela primeira vez no Aveiro Festival Dance o grupo Fun'Dance da AMP conquistou o 1° LUGAR na categoria de dança jazz!!
 A Portela está de parabéns

Etiquetas: ,

18 julho 2017

CDS-PP deixa cair André Ventura em Loures, PSD mantém apoio

Partido retira apoio ao candidato do PSD à Câmara Municipal de Loures na sequência de repetidas acusações contra a comunidade cigana.
PSD diz que respeita a decisão do CDS-PP: "Está no seu direito legítimo".

 O CDS-PP decidiu "seguir um caminho próprio no concelho de Loures" nas autárquicas de Outubro, retirando o apoio a André Ventura na sequência das polémicas declarações do ainda candidato do PSD àquela câmara, anunciou João Gonçalves Pereira, presidente da distrital lisboeta dos centristas. Já os sociais-democratas insistem em manter o candidato, apesar de a polémica se adensar, dia após dia. "No seguimento das recentes declarações do candidato à Câmara Municipal de Loures, Dr. André Ventura, e depois do CDS-PP ter manifestado no seio da coligação o seu profundo incómodo com as referidas afirmações, decidiu o CDS seguir um caminho próprio no concelho de Loures nestas eleições autárquicas de 2017", lê-se na decisão dos centristas.

 Bloco apresenta queixa-crime contra André Ventura por difamação e discriminação Bloco apresenta queixa-crime contra André Ventura por difamação e discriminação
Contactado pelo PÚBLICO, o líder da distrital do PSD, Pedro Pinto, mostra respeito pela decisão. "Acho que, se o CDS não se sente confortável a 100%, temos de respeitar. Está no seu direito legítimo", afirmou o dirigente e deputado, numa altura em que não tinha ainda tomado conhecimento formal da decisão dos centristas.
 No entanto, soube o PÚBLICO, o CDS-PP já terá comunicado a decisão aos sociais democratas. O apoio dos sociais-democratas não está, no entanto, em causa. A direcção do partido decidiu enviar uma nota à agência Lusa, para que ficasse claro que "o PSD mantém o apoio ao candidato do partido à Câmara Municipal de Loures", embora lamentando e respeitando que o CDS não o faça. "Passos tem obrigação de se pronunciar"
Quanto ao Bloco de Esquerda, não vai descansar enquanto não vir André Ventura fora da corrida à Câmara Municipal de Loures. Depois de ter apresentando duas queixas contra André Ventura pelas declarações que fez acerca da comunidade cigana, o candidato bloquista a Loures, Fabian Figueiredo, já marcou uma conferência de imprensa "urgente" para a tarde desta terça-feira, não só para abordar as queixas apresentadas à Comissão para a Igualdade e Contra a Discriminação Racial e à Procuradoria-Geral da Republica, mas também para apelar ao PSD para que deixe cair André Ventura na corrida autárquica.
"O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, que apoiou e apresentou a candidatura de André Ventura, tem obrigação de se pronunciar. Tem obrigação de ser claro. Se o PSD entender manter André Ventura, o sinal que dá ao país é o de que se sentiu confortável em ter um candidato de extrema-direita", diz Fabian Figueiredo, lembrando que André Ventura até mereceu um elogio do líder do PNR no Twitter. Se o PSD mantiver o apoio a André Ventura, "o país fará leitura de que o centro direita passou a conviver pacificamente com candidatos de extrema-direita ao estilo de Donald Trump e Marine Le Pen", tinha já dito o BE. Na conferência de imprensa desta tarde, Fabian Figueiredo "irá apelar a todos os partidos de esquerda candidatos às autarquias de Loures para que recusem desde já qualquer tipo de entendimento ou coligação pós-eleitoral com forças partidárias ou candidatos que promovam a discriminação racial e o racismo". PSD segura André Ventura. Candidato diz não ser racista, mas não retira o que disse PSD segura André Ventura. Candidato diz não ser racista, mas não retira o que disse "Creio que chegou o momento de todos as candidaturas de esquerda, PS e CDU, serem muito claras sobre se estão disponíveis ou não para integrarem executivos onde esteja o PSD ou de integrarem o PSD nos seus executivos. Nós não governaremos Loures com o PSD e toda a esquerda o deve recusar", diz ao PÚBLICO Fabian Figueiredo.

Etiquetas:

07 julho 2017

Manuela Dias candidata à Freguesia

Não alinhando com nenhum Partido anteriormente representado na Portela, Manuela Dias recandidata-se à Junta de Freguesia. pelo Nós Cidadãos.


Etiquetas: , ,

22 junho 2017

Autarquicas - Brilhante Dias é mandatário na freguesia

Um candidato de Moscavide e um mandatário da Portela. Assim vai a nossa politica de proximidade.

Etiquetas: ,

19 junho 2017

Dia Internacional do Yoga


Etiquetas:

16 junho 2017

Feira Coisas e Loisas - Vamos dançar!...

11 junho 2017

Ora bem...a Portela na Visão.

CAMPANHA ELEITORAL
São já um clássico de qualquer campanha autárquica. Os primeiros cartazes começam a dar nas vistas por todo o País, provocam todo o tipo de reações e já se tornaram virais. Não acredita? Veja a nossa galeria. Da mais pequena terra à grande urbe, do PNR ao PS, bem se pode dizer que na grande casa da democracia cabe tudo, incluindo o inenarrável. Partidos que querem ser o polegar do executivo autárquico, Lolas e Tixas que, afinal, podem ser chamadas de Salomé, nacionalismos à “p´Almada” ou “com mais encanto” e até candidatos com problemas nas vírgulas “todos os dias”. Outros dão simplesmente nas vistas. Até doer. Em cenários de azulejo em fundo ou sobre rodas. Mas há também partidos Charlie que massacram os eleitores ou quem diga ao que vem...de pernas para o ar. Já para não falar dos independentes que pretendem regressar ao poleiro em versão, digamos, columbófila.
Uma boa parte da recolha sobre as eleições deste ano pode ser seguida na página oficial da Ephemera, biblioteca e arquivo do historiador José Pacheco Pereira, ou através dos “Tesourinhos das Autárquicas 2017” no Facebook. Mas cuidado com as imitações que caem nas “redes”. A coligação “Juntos por Bicharoco” não vem no mapa e o “Tomé Aldraba” não é candidato a lugar algum. Dava jeito, não dava? Não deixe, pois, que um mau cartaz ou um candidato engraçado atropele a realidade. Até porque esta, pela amostra, chega para as encomendas.
VEJA A GALERIA DE TESOURINHOS
*na Visão de 5 Jun2017

Etiquetas:

08 junho 2017

Apresentação do livro “Coentros & Garam Masala”

Apresentação do livro “Coentros & Garam Masala”, de Bina Achoca, que terá lugar no próximo dia 17 de Junho, pelas 16.00h, nas instalações da Sede da Junta de Freguesia de Moscavide e Portela, na Portela.

Etiquetas:

Lembranças da Urbanização da Portela e do Arq. Fernando Silva

Nos fins dos Anos 50 do século passado o Ministério das Obras Publicas de Duarte Pacheco fez desenvolver alguns estudos atraves de Planos de Fomento e de Desenvolvimento para soluções de habitação social quer no interior de Lisboa quer nos seus arredores, para apoio à Industrialização do País. Quer com o desenvolvimento industrial que se previa na faixa de Cabo Ruivo ate Vila Franca de Xira quer com as grandes obras do Prolongamento do Aeroporto, do Matadouro Municipal,do Laboratório, dos Quarteis, da 1ª Circular de Lisboa e da auto Estrada do Vale do Tejo havia que acomodar as gentes e suas familias que vieram trabalhar para a Grande Lisboa e se tinham abarracado aqui na zona. Alem do Bairro da Encarnação que ocupou uma área significativa de varias quintas foi projectado para 2500 familias e que começou a ser construido em finais dos anos 40. Encaixada no triângulo de vias rápidas ja projectadas na época ( Auto Estrada do Vale do Tejo - 1ª Circular de Lisboa ( hoje Av.Alfredo Bensaude) - Circular Externa de Lisboa (hoje CRIL ) o Ministério das Obras Publicas pressiona a Câmara de Loures e de Lisboa a entenderem-se com os donos das 7 quintas que existiam nesta área. Por não concordância com essa iniciativa ,o Patriarcado fez retirar desse Ante Projecto as Quintas do Cabeço ( vulgo Quinta do Seminário) e a Quinta dos Candeeiros ( vulgo Quinta das Freiras). Assim o entendimento foi obtido entre os donos das outras 5 Quintas: da Alegria, Ferro, Casquilho,Carmo e Vitoria.
Com o Arquitecto Fernando Silva no inicio dos anos 60, arranca assim um Ante Projecto para a Urbanização da Portela com mais de 4.200 fogos, ultrapassando largamente os 2500 previstos nos anos 50. Isto levou à demissão de um Presidente da Câmara de Loures. Manuel da Mota, empreiteiro da zona de Pombal, acaba por adquirir o Projecto e os terrenos das varias Quintas. A Urbanização da Portela foi um projecto que se enquadrava então dentro das 3 vias rápidas que nos fins dos anos 50 foi proposto e incentivado pelo Ministério das Obras Publicas de Duarte Pacheco e mais tarde por Arantes e Oliveira. Nessa altura houve entendimento entre as freguesias de Sacavem e de Moscavide por parte de Loures e dos Olivais por parte de Lisboa para que a Urbanização da Portela fosse para a frente com todas as infraestruturas que hoje se conhecem. Por tudo isto não era utópico que a Freguesia da Portela quisesse obter o territorio que ja nos anos 50 estavam destinados a esta futura Urbanização.
Moscavide tambem teve um processo idêntico nos anos 30 aquando da criação da sua freguesia com territórios subtraídos às freguesias de Sacavem e dos Olivais.
Pena é que muito recentemente as largas Avenidas e Ruas  que tanto caracterizaram o Projecto do Arq. Fernando Silva tenham sido diminuidas  para instalação de uma duvidosa ciclovia que atormenta a acalmia dos moradores da Portela quando deixou espaços fantasticos para poderem ser trabalhos no futuro. A categoria e o saber dos tecnicos de hoje em dia que interferem na Portela, nada têm a ver com a classe, categoria e visão de futuro de Fernando Silva.
Sendo como foi um arquitecto metódico e rigoroso que não permitiu que empreiteiros, engenheiros e outros arquitectos alterassem o que fosse na escolha da qualidade da construção e dos seus materiais, vêsse hoje um colorido desgarrado dos seus prédios com cores "parecidas" às cores que muito bem definiu com o Ral e os pantones  das cores da Portela.

07 junho 2017

Descerramento de Placa Toponimica na Portela a 6 de Junho - Arq. Fernando Silva

No passado dia 6  a Portela homenageou o grande Arquitecto que planeou a Urbanização da Portela num trabalho em que esteve envolvido o Ministério das Obras Publicas.O Urbanizador Manuel da Mota aproveitou essa oportunidade tendo adquirido praticamente a totalidade das cinco Quintas onde se implantou o projecto e donde nasceu a Portela de Sacavem. São dois nomes que merecem ser recordados e ficarem na historia breve da Portela. O Largo agora escolhido para homenagear o Arq. Fernando Silva, pode não ter sido o adequado pois poderia ter ficado reservado para alguma entidade que a Associação dos Moradores escolhesse e pretendesse atribuir em homenagem a alguem com grandes serviços prestados à comunidade. Refira-se no entanto que o Arq. Fernando Silva no seu projecto, já salvaguardava esses terrenos para um Grande Parque Desportivo a ser entregue a uma colectividade gerida pelos futuros moradores da Urbanização e a um Grande Parque de Lazer. Isto motivou as celebres cargas policiais por causa da construção da Escola Azul e fez luz para o aparecimento da Associação dos Moradores da Portela. Mais tarde tambem com os desalojados de Camarate os moradores manifestaram-se fazendo cumprir as ideias defendidas pelo Arq. Fernando Silva de que esses espaços eram para usufruição e lazer dos seus moradores.