31 janeiro 2020

FUTSAL - Jogos de Fim de Semana ( 1-2 Fev)




18 janeiro 2020

FUTSAL - Jogos de Fim de Semana (18-19 Jan)




SENIORES
AMPortela/ZonaOptica - Cascais  3-3
.

JUNIORES
Belenenses - AMPortela/ZonaOptica  3-3
.
.

11 janeiro 2020

FUTSAL - Jogos de Fim de Semana ( 11-12Jan )

 

SENIORES
Novos Talentos - AMPortela ZonaOptica  6-2
.
JUNIORES
AMSAC - AMPortela ZonaOptica   2-3
Excelente vitoria da AMPortela na sua deslocação ao reduto de Santo Antonio dos Cavaleiros. Duas equipas em disputa dos primeiros lugares para a disputa de um apuramento final. Começou melhor a Portela  fazendo o  0-1 cedo e mantendo o dominio do jogo ate se entrar num ciclo de substituições.  è nessa altura que a Portela é surpreendida por duas jogadas simples e de deficiente acompanhamento defensivo, que o AMSAC marca dois golos e vai com vantagem de 2-1 para o intervalo. Pelo que foi feito na 1ª parte a Portela não merecia ir a perder para intervalo. Após o intervalo a Portela so teria que jogar bem e atacar, apesar da equipa do AMSAC estar moralizada com o resultado. A Portela tanto insistu e porfiou que acabou por se superiorizar marcando dois golos e falhando outros tantos. Taticamente a Portela desenvolveu uma postura disciplinada não dando veleidades à vontade dos atletas adversarios. Esteve-se sempre mais perto do 2-4 do que do empate. Vitoria justa e certa  da melhor equipa em campo. Sobre a arbitragem, ha que dar os parabens  à dupla  que esteve em campo, pois deixou jogar num jogo que se antevia durinho e com decisões certas a serem assumidas num jogo com um ambiente de entusiasmo e altamente competitivo. Todos os atletas estão de parabens pelos seus grandes empenhos competitivos. 

JUVENIS
SL Olivais - AMPortela ZonaOptica  
.

.

Etiquetas: ,

08 janeiro 2020

A Lagarta dos Pinheiros

A Processionária ou lagarta dos pinheiros está na época de deixarem os ninhos e descerem á terra. Ha alguns pinheiros na Portela que já criaram problemas a crianças. O toque destas lagartas cria alergias serias que levam a cuidados hospitalares. Foi o caso recente de uma criança no Parque das Piscinas. A cinta colocada a envolver esse referido pinheiro não foi suficiente para reter as lagartas. As entidades responsaveis deviam eliminar ou fumigar os ninhos antes da maturidade dos ninhos e que as lagartas desçam para se enfiarem na terra.

Etiquetas:

05 janeiro 2020

Historial da AMP - Por Dr. Antonio Mesquita nas Comemorações dos 30 Anos da Associação

 Em 2007 na Presidência de Engº Alvaro Ferreira dos Santos elaborado pelo Vice Presidente Dr. Antonio Mesquita
Historial da AMP
Minhas senhoras e meus senhores,
Coube-me a mim a tarefa de recordar aqui um pouco o que foram estes
trinta anos de associativismo na AMP (de 1977 a 2007), quais os principais
factos e projectos que mais terão marcado a vida da nossa Associação.
E coube-me a mim, não por que fosse o mais apto para fazê-lo ou o que
pelas funções que desempenha ou desempenhou o devesse fazer. Terá sido
antes, uma espécie de punição pela ousadia de ter lido o livro de actas da
AG destes 30 anos, e tentado resumir para todos vós o que de mais
relevante se terá passado neste longo período.
Mas fi-lo com muito prazer e peço-lhes que me relevem qualquer lapso ou
imprecisão que possa ter cometido.
Assim, ao analisarmos a actividade da AMP nestes 30 anos, em meu
entender, será possível identificar quatro ciclos directivos:
 O ciclo da consolidação e organização da associação;
 O ciclo do desenvolvimento;
 O ciclo do projecto das piscinas;
 E o ciclo da renovação e relançamento.
Ciclo da consolidação e reorganização
O primeiro ciclo, da consolidação e reorganização da AMP, vai até aos
finais dos anos setenta.
Nos primeiros mandatos deste primeiro ciclo, os executivos eram eleitos
por períodos de seis meses e foram presididos sucessivamente por Augusto
Valadares e Aristides Andrade Mendes.
De facto, na reunião de 1 de Outubro de 1977, por proposta do presidente
da mesa Francisco Bárrios, ficou estabelecido que o primeiro mandato
deveria ter a duração de 6 meses, apesar dos estatutos indicarem 2 anos.
Esta alteração justificava-se, e vou citar a Acta, “para possibilitar aos
sócios uma melhor escolha de elementos para dirigir os destinos da
Associação”.
Nesta reunião, foram também pedidas inscrições de voluntários para os
corpos gerentes, donde saiu a primeira lista empossada a 4 de Outubro.
Constata-se que os estatutos, desde o início, se mostravam desajustados à
realidade da Associação e, por isso, logo no mandato da primeira Direcção,
se preparou uma proposta de alteração, discutida e aprovada em 3 de Junho
de 1978.
Nestes primeiros tempos, para além da consolidação da associação, as
prioridades centravam-se no problema dos acessos, nas comunicações e na
segurança, nomeadamente em relação às escolas.
Ficaram célebres, na altura, os problemas de segurança, na Gaspar Correia,
relatados, pelo então seu presidente, numa reunião da AMP, em que, e vou
citar, “assaltos repetidos, cometendo-se continuamente actos do mais
requintado vandalismo, desde as destruições de material até ao roubo do
piano e do telefone”, obrigaram a um longo processo, com a intervenção da
Direcção e outros membros da AMP, em várias reuniões com a Câmara.
É também desta altura, a contratação ou tentativa de contratação, de
guardas-nocturnos, porque, e cito, “os assaltos e os roubos são diários
sendo muito urgente fazer-lhes face”.
Entretanto, em 7 de Outubro de 1978, aparentemente devido a
desinteligências ligadas ao processo Gastar Correia, tem lugar a primeira
mudança de Direcção, mantendo-se o executivo, nessa data eleito, até 31 de
Março de 1979.
Ciclo do desenvolvimento
Em 31 de Março de 1979, com a eleição de um primeiro executivo, por um
período de 2 anos, liderado por Jorge Silva Ferreira, inicia-se um período
de franco desenvolvimento da AMP.
Na assembleia-geral de 4 de Maio de 1980, foi apresentado o relatório de
actividade do primeiro ano desse mandato, tendo sido aprovado um voto de
louvor pelo excelente trabalho então realizado. Nesse relatório de
actividade, podem ler-se referências aos principais factos e actividades
desse ano, que passo a citar:
 Foi metida na caixa do correio dos 650 sócios então existentes a
convocatória para essa mesma AG;
 Foi prosseguida a legalização da AMP e aspirava-se, já nessa altura,
ao estatuto de Associação de “Utilidade Pública”, que viria muito
mais tarde a ser concedido (2004 ou 2005);

 Os cartões já estavam na tipografia;
 Que se iria admitir um colaborador em “part-time”;
 Que o objectivo era ter mil sócios inscritos até ao fim desse ano
(1980);
 Que foram estabelecidos contactos para a criação da Junta de
Freguesia da Portela;
 Que a Assembleia Municipal já tinha autorizado a cedência do
terreno ao Patriarcado para a construção da Igreja, prevendo-se o
lançamento da primeira pedra até final desse ano de 1980;
 Que se tinham iniciado as terraplanagens para as zonas desportivas;
 Que se queria um Parque Infantil fora dos moldes habituais;
 Que se tinha já: a Ginástica na Gaspar Correia e o circuito de
manutenção no Parque do Seminário; duas turmas de Judo; Futebol,
com representação em provas federadas; 4 equipas a disputar o
campeonato de futebol de salão: infantis, iniciados, juvenis e
seniores.
 Tinha-se a Biblioteca itinerante da Gulbenkian;
 Tinha-se aberto o Acesso pelo Ralis;
 Foram ainda tomadas posições em relação a vários outros assuntos,
destacando-se:
 Ampliação do aeroporto da Portela;
 Cobertura territorial da Repartição de Finanças de Moscavide;
 Necessidade de transportes públicos para a Portela;
 Arranjo da zona verde anexa ao quartel do Ralis;
 Parecer referente à instalação de pistas de automóveis
eléctricos;
 Curso de socorrismo da Cruz Vermelha.

Naturalmente que o trabalho realizado há 25 ou 30 anos, só pode ser hoje
aqui recordado, graças ao excelente relatório, na altura feito e lavrado em
acta.
Os livros de actos são, de facto, a memória da Associação!
Porventura, outros mandatos foram igualmente produtivos, mas a verdade é
que o relatório deste ano de mandato é particularmente eloquente, na
descrição do trabalho realizado, contrastando com muitas outras situações,
em que isso não foi feito da mesma forma, e é pena!
E este trabalho, iniciado em 1979, e magnificamente reportado, foi
continuado nos mandatos seguintes, liderados sucessivamente por Tavares
Regal (1981/82), Lopes dos Santos (1983/84), Andrade Mendes (1985/86),

Pereira da Silva (1987/88 e 1989/90) e de novo por Tavares Regal
(1991/92).
Mas as preocupações organizativas continuavam. Para além da revisão dos
estatutos (já em 1978) e da “Utilidade Pública”, já anteriormente referidas,
apontava-se ainda:
 A necessidade de admissão de um funcionário, em 1979;
 A meta de 1.000 sócios, até final de 1979;
 E o aumento de quotas para 50$00, em 1981.
A grande maioria dos projectos mais marcantes da AMP foi iniciada
durante este período, incluindo o início do projecto das Piscinas, de que se
começa a falar já em 1985 e cuja construção se viria a iniciar só em 1994.
De entre esses projectos podemos destacar:
 Instalações para a nova sede (1983)
 O complexo do Ténis (1984)
 O polidesportivo (1985)
 Criação da Junta de Freguesia da Portela (1985)
 O Parque Infantil (1988)
 O Jardim e respectiva vedação.
No relatório referente ao mandato de Lopes dos Santos (1983/84),
afirmava-se: as prioridades, para além da criação da Junta de Freguesia,
foram para a construção do Complexo do Ténis. O Parque Infantil teve de
ficar para segundo plano.
Datam também deste período a criação e desenvolvimento das principais
modalidades desportivas:
 Ginástica de manutenção na Gaspar Correia;
 Futebol de 11 (1978/79), com grande incremento entre 1981 e 1983;
 Judo (1978/79);
 Natação (1980/81);
 Futebol de 5, que veio a dar origem ao Futsal (1983);
 Canto Coral (1984);
 Dança Jazz, Ballet, etc, etc
São também desta época:

 O projecto de arborização dos espaços verdes;
 As lutas pelas carreiras de autocarros;
 Correios:
 Oposição à construção clandestina da urbanização junto à
Gaspar Correia.

Em 1988, ainda se discutia a prioridade da construção do Parque Infantil
(para a qual não tinha sido fácil obter apoios públicos), em relação ao
Polidesportivo.
Mas, a vedação da Zona Verde já estava concluída em 70%.

Ciclo das Piscinas
Este ciclo inicia-se muito antes de 1992, primeiro ano da longa era
Sebastião Simões.
De facto, as primeiras referências às Piscinas aparecem em 1985, e a partir
de 1989, todas as prioridades da AMP desembocam neste projecto, tendo a
primeira pedra sido lançada em 1994 (há portanto, 13 anos). Não existem
nas actas das AGs deste período referências a muitas outras actividades.
Mas, ainda assim, merecem menção especial:
 Resposta à tentativa de ocupação da Escola Secundária
 Novo logótipo da AMP
 Reestruturação da Secretaria
 Início do processo “Utilidade Pública”
 Primeiro Boletim Informativo da AMP
Em 2000, o projecto das Piscinas é interrompido.
Perante a derrapagem dos custos de construção, induzida por elevadas taxas
de inflação, que na altura se verificavam, e pelo atraso nas obras, e perante
a falta dos prometidos e indispensáveis apoios públicos, a AMP assume a
sua incapacidade para concluir o projecto, negociando com a CML e
Gesloures um protocolo, que viria a ser concluído e assinado já em 2003.
Como está agora à vista de todos, esta decisão mostrou-se acertada e está a
dar os seus frutos.
Ciclo da renovação e relançamento
Em 2001, inicia-se um novo ciclo directivo na AMP, com a eleição de uma
nova geração de dirigentes que se tem mantido até hoje.
Em finais de 2006, permaneciam fiéis na AMP cerca de 2.000 associados,
dos mais de seis mil inscritos durante estes 30 anos. A sua actividade
principal girava à volta do Futsal, assente financeiramente nas receitas do
Polidesportivo de relva sintética e no Ténis com mais de 100 praticantes.
Todas as outras actividades, tais como, Dança Jaz, Ginástica de
Manutenção, Manutenção Moderada, Yoga e Karaté, quer em número de
praticantes quer em recursos envolvidos, tinham, de facto, uma importância
muito menor.
Em 2007, com a conclusão, longamente esperada, do Complexo de Piscinas
e Ginásios, está a iniciar-se o relançamento da AMP. A actual equipa
directiva mete de novo mãos à obra, assumindo um papel activo e
empenhado na exploração deste complexo, prevendo-se a mudança dos
seus serviços para as novas instalações e a criação de uma parceria para a
exploração do conjunto de Ginásios que protocolarmente lhe estão
reservados neste complexo.
Tenho dito.
Portela, 30 de Setembro de 2007
António Mesquita
PS: Elaborado tendo por fonte principal o livro de actas das assembleias
gerais da AMP.

Etiquetas:

04 janeiro 2020

Vamos Cantar as Janeiras


22 dezembro 2019

FUTSAL - Jogos de Fim de Semana (21-22 Dez)

Nenhuma descrição de foto disponível.



SENIORES
Fund. Salesianos - AMPortela/ Zona Optica  2-3
.

JUNIORES
AMPortela/ Zona Optica - Vinhais   4-7
 Grande jogo de Futsal. A Portela perde com uma equipa bem apoiada e tacticamente irrepreensivel. Equipa muito rapida e muito eficiente em contra ataques. è das equipas que marca com sorte ou sem sorte e vence os ou então se as coisas tivessem corrido de outra maneira podiam ter sido goleados pela Portela. A Portela fez um dos jogos esta epoca, que mais oportunidades teve para marcar e não marcou. Andou em cima do adversario praticamente todo o jogo e não conseguia marcar....ou o guarda redes defendia e bem, ou as bolas batiam nos postes e no guarda redes adversario e não entravam. O guarda redes defendia quase tudo, mais as bolas que batiam nele...Houve merito do Vinhais , houve sorte e ate houve arbitro. Tudo lhes corria bem.
A equipa da Portela foi bem embrulhada, porque se sabia como o adversario jogava, não os deixaria jogar em contra ataque rapido. A Portela tem tão bons jogadores ou melhores que o adversario e teve tanta tanta oportunidade de marcar....e não marcou.... E assim perdeu. Quando estava 4-5 a Portela forçou com o guarda redes avançado.... daí sofreu mais dois golos. Era na altura que ainda a 4 min do final devia ter passado o jogo para o adversario e esperar pelos erros defensivos do adversario que defendia mal e atabalhoadamente. Facil de dizer ,...mas dificil de executar, tal era o entusiasmo de ir à procura do empate. Ainda ha muito campeonato a percorrer e a Portela tem ainda todas as hipoteses de surpreender todos os seus adversarios.

Nenhuma descrição de foto disponível.

INICIADOS
GR Olival Basto - AMPortela/ Zona Optica  1-0
Jogo muito agradavel de ver esta equipa da Portela a desenvolver ja as suas jogadas. sofreu o golo da derrota ja nos instantes finais quando numa jogada anterior ate podia ter marcado. Equipa que ja se está a construir para a proxima epoca.

.

13 dezembro 2019

Associação Moradores da Portela - Dança Jazz

O que é feito da Dança Jazz da AMPortela  que tanto representou e dignificou a Portela e a sua Associação dos Moradores ?

Das classes mais antigas que a AMPortela teve ao longo destes 30 anos de actividades gimnicas e culturais, chegou ao fim sem honra nem gloria por decisão da actual Direcção da Associação dos Moradores.
Quem ao longo de tantos anos acompanhou a dedicação e empenho da Profª Manuela Bastos lamenta o sucedido e interroga-se no que vai acontecer a outras actividades de bandeira da AMPortela. 

Associação Moradores da Portela - Dança Jazz

Ao participar pela primeira vez ( 2017) no Aveiro Festival Dance o grupo Fun'Dance da AMP conquistou o 1° LUGAR na categoria de dança jazz!!
 A Portela está de parabéns
2017

Etiquetas:

Jogos de Fim de Semana (14-15 DEZ)




Etiquetas:

05 dezembro 2019

ESPLANADA - Para quando?

Fechou com a promessa de abrir no ano seguinte.

Etiquetas:

30 novembro 2019

Urb. da Vitoria - Começaram ja as Obras de Limpeza e Montagem de Estaleiros




Fotos: de A.Feliciano S.

16 novembro 2019

15 novembro 2019

FUTSAL - Jogos de Fim de Semana (16-17 Nov)




Etiquetas:

12 novembro 2019

10º Aniversario da Universidade Senior - Portela Sabios

A Universidade Senior da Portela comemora este ano o 10º Aniversario em que foram dadas as primeiras aulas  nos diferentes locais da Urb. da Portela e da Encarnação.
Por forma  a incentivar a cultura e a integração, evitando o habitual isolamento e solidão dos mais idosos, foi  o principal objectivo desta Academia da Associação dos Moradores da Portela.
A ideia surge na Direcção de 2007 que depois de concluido o Complexo de Piscinas e Ginásios ( inaugurados a 5 de Janeiro de 2008) considerava que mais coisas havia a fazer  e que seria possivel com determinação criar uma Academia destas na Urbanização da Portela.
Já na Cerimónia de Inauguração do Complexo de Piscinas , o Presidente da AMPortela, Engº Ferreira dos Santos surpreendeu a assistência informando que o próximo grande desafio seria a recuperação das instalações e balneários dos Campos de Jogos, com obras por forma a eliminar os telhados dos canaletes de cobertura com amianto e a criar um piso de utilizações  multiplas onde iria ser edificada a futura sede da AMPortela e a criação de um Polo para  Avós e Netos com salas para o funcionamento de uma futura Academia Senior e salas de estudo. Era prevista a remodelação do Jardim Infantil para um projecto de Ocupação de Tempos Livres.
Esta ideia da Academia Senior não colheu bem por parte da Câmara de Loures, pois já estava comprometida a criação do Polo de Sacavem da Academia de Saberes do Concelho de Loures a qual foi criada e actualmente em pleno funcionamento.
Com a ajuda ou não da Câmara, a abertura de uma Academia Senior teria de ser uma realidade. Só se pretendia que a propria Câmara não viesse a inviabilizar a iniciativa.
As obras de melhoramentos das instalações existentes poderiam avançar, pois alem dos balnearios , alargamento e arrelvamento de um campo com as dimensões de Futebol de 7, um tipo de obras que a Câmara estava a colaborar no Concelho com as infraestruturas desportivas.
Aproveitou-se essa oportunidade e a Direcção de 2007 com o Engº Ferreira dos Santos como Presidente, nomeou o Engº Cota Teixeira para dirigir e responsabilizar-se pelas obras a que estavam a propor executar e que se manteve à frente delas, ate ficarem prontas mesmo com diferentes executivos.
Com toda essa vontade e empenhamento e mesmo para justificar as obras que se propunham executar, a  AMPortela não desistiu da ideia de arrancar o mais breve possivel com a Academia, pois o seu mentor andava já a frequentar a  Academia de Saberes em Loures desde a sua abertura, na  Antiga Escola Primaria nº1 e achava ser possivel pela sua especificidade, criar na Portela uma Academia Senior devidamente apoiada pela sua Associação de Moradores.
O bom relacionamento que se criou na pessoa do Presidente da Câmara Carlos Teixeira e do Dr. Miguel Matias por parte da Associação permitiu que tudo se compusesse com os projetos que a AMPortela ia apresentando quanto a instalações.
Efectivamente só com instalações próprias se poderia pensar na criação de uma Academia Senior e esta só seria viável com um projecto bem elaborado e consequente, para que fosse credivel e tivesse o êxito que veio a ter. Este projecto teve a aprovação por unanimidade de todos os elementos da Direcção.
Alguem teria de ter ou elaborar um projecto, onde se contemplasse toda a orgânica de uma Academia ou de uma Universidade Senior.
Nessa altura e por interesses que havia com a modalidade do Futsal  chegou-se a uma aproximação com a  Assistente Social Filipa Lage que ja tinha em mente um seu projecto semelhante, para a ocupação de residentes Seniores.
Nesse entusiasmo foi notório o convencimento de Armando Jorge ( Jorginho) que tambem na altura era Director da AMPortela,  para que Filipa Lage se disponibilizasse a ir trabalhar para a AMPortela.
E foi assim que em finais de 2007 e principios de 2008 se elaboraram os primeiros planos
 sobre os professores voluntários e disponiveis, bem como as disciplinas a criar e as instalações a ocupar com as diversas aulas.
Havendo duas Escolas na Portela e pelas disponibilidades, optou-se pela Escola Gaspar Correia, e outras salas disponiveis na Escola do Comercio, na Junta de Freguesia, no Batalão de Transmissões, na Igreja da Portela, no Centro Comercial, nos Bombeiros e no Seminario.  Pelo numero de alunos iniciais e das disciplinas criadas nem todas acabaram por ser utilizadas às necessidades da Academia.
Uma das disciplinas que mais força emergia e de maior procura,era a Informática, não se hesitando na Escola de Comercio onde havia ótimas salas devidamente  equipadas e com gente disponivel para leccionar e ensinar as suas bases e onde a franca disponibilidade da sua Directora, permitia que se escalonassem os horários possiveis.
Na altura a Drª Albertina Guerreiro pertencia ao corpo docente da Escola e foi convidada para dar  aulas , o que aceitou, sendo convidada tambem para fazer parte dos Corpos Sociais da AMP, o que veio a aceitar.
Depois das Piscinas inauguradas e dos Ginásios a funcionarem e de todo o trabalho que se tinha tido com contactos de futuros professores havia que dar pressa ao arranque da Universidade Senior.
, pois ja havia varias entidades contactadas bem como professores e futuros alunos  que andavam muito entusiasmados.
 Dado que a Drª Albertina Guerreiro não podia dedicar o tempo necessário ao projecto da Assistente Social  Filipa Lage e porque se tinha dado a demissão de um Director Executivo, achou-se por bem convidar uma pessoa que estivesse disponivel para  vir a ser directora e assumir a responsabilidade da execução do projecto de criação da  Academia Senior - Portela Sabios.
Essa escolha recaiu na Drª Carla Marques  que tambem tinha algum conhecimento do funcionamento  de uma Universidade Senior onde seus familiares eram lá alunos e estava bem ligada à AMPortela  quer pelos filhos que frequentavam actividades desportivas na AMPortela e o seu conjuge que era médico das equipas de formação de Futsal.
Muito trabalho se desenvolveu nesse espaço de tempo ate ser dada a primeira aula em 2009 e a obter-se a inscrição mais tarde na RUTIS.
A exemplo da maioria das Academias e Universidades Seniores e pela particularidade de ser uma Associação, não foi possivel, apesar de haver alunos e professores disponiveis para criar a sua Associação de Estudantes e Professores da Portela Sabios o que permitiria um melhor relacionamento e desenvolvimento de interesses entre Alunos, Professores e a plena integração da Universidade. Senior com a Associação dos Moradores.
Hoje como dia de festa em comemoração do 10º Aniversário há que parabenizar todas as pessoas atras mencionadas que foram os responsaveis pelo arranque desta Academia, bem como os primeiros alunos que acreditaram na Academia, nos professores que com muitos sacrificios se têm mantido à frente das suas turmas e dos seus alunos e os Presidentes e Dirigentes que nestes 10 anos se empenharam para que a Portela Sabios fosse e continue a ser uma Academia de referência.

08 novembro 2019

FUTSAL - Jogos Fim de Semana 9-10 Nov




SENIORES
JOMA - AMPortela/ZonaOptica  4-3
Jogo equilibrado em que a Portela podia ter pontuado. Algumas decisões tecnicas  comprometeram o resultado.

JUNIORES
AMPortela/ZonaOptica  - AMSAC   2-1
Grande jogo e muita expectativa, porque ambas as equipas necessitavam de pontuar para manterem aspirações ao apuramento. A Portela sabia que o adversario ia empenhar-se e jogar para não perder e dispôs a equipa dando-lhe as iniciativas de jogo. Taticamente resultou pois a Portela conseguiu marcar 1 golo na 1ª parte e controlando o jogo todo ate aos momentos finais  em que as coisas se iam complicando. Mais uma vez uma má arbitragem que não beneficiou nenhuma equipa nem o espectaculo. Criterios que não se coadunam com o futsal moderno apoiando sempre o futsal do empurrão e do agarrar.As coisas iam-se complicando com um criterio desses em que as más decisões não agradavam a nenhuma das equipas, aos jogadores e aos proprios tecnicos . Já é altura de se uniformizarem criterios na arbitragem do futsal. Quando os jogos são bem apitados não se geram discussões nenhumas. As decisões são bem aceites. Num jogo em que todos refilam e em que as assistencias se manifestam, é sinal da falta de categoria dos arbitros, que depois para se imporem começam a distribuir cartões amarelos por todos os lados.  É num lance de más decisões que o arbitro no meio da confusão dá um cartão amarelo e expulsa um dos atletas da Portela. É isto que não pode acontecer, um arbitro mesmo que erre e perca a cabeça, não se pode vingar a marcar faltas de qualquer maneira e a dar amarelos ate expulsar irritando tudo e todos. E só isso é uma vergonha pois alguem mandou chamaro reforço de policia, não se sabe porquê. Quem é que teve receio quando as claques e a assistencia so estavam a puxar pelas equipas.  A assistência presente nas bancadas indignou-se com a presença de tanta policia. Não teriam mais nada que fazer? Arbitragem a merecer muitos reparos  de ambas as  equipas. Arbitragens destas neste escalão não podem acontecer mais.
A Portela acabou por ganhar bem o jogo.

JUVENIS
AMPortela/ZonaOptica  - CAC  Academico Desportos  3-2


INICIADOS
AMPortela/ZonaOptica  - Sassoeiros  2-3
Bom jogo contra uma equipa superior. A Portela nos ultmos lances esteve quase a empatar o jogo, tal foi a determinação dos jovens atletas.

INFANTIS
AMPortela/ZonaOptica  - Tunelense  
.
BENJAMINS
Torre Laranja - AMPortela/ZonaOptica 
.




Etiquetas:

29 outubro 2019

Isto é na Portela - Apesar de ser considerada a Faixa de Gaza

O Estado vendeu um terreno com 42.155 metros quadrados na PORTELA pertencendo à  freguesia nos Olivais em Lisboa, por 38 milhões de euros, três milhões de euros a mais do que estava a pedir. Os novos donos são uma sociedade portuguesa, mas representada por espanhóis da Acciona Real Estate, apurou o ECO. O projeto, que prevê a construção de três edifícios, um deles com 135 metros de altura, ainda tem de ser alterado.
A Estamo, a imobiliária do Estado, pedia 34,9 milhões de euros por este lote de terreno e recebeu três propostas, todas com valores superiores. A escolhida foi a de valor mais elevado e foi apresentada pela Guadamad 2 Development — 38 milhões de euros, lê-se no site da Estamo.
De acordo com os dados societários, esta sociedade portuguesa foi criada em julho deste ano, poucos dias antes de ser assinado o contrato de compra e venda deste lote na Av. Dr. Alfredo Bensaúde. A finalidade? “Compra e venda de imóveis e revenda dos adquiridos para esse fim, realização de investimentos e promoções imobiliárias de qualquer natureza, gestão e exploração de imóveis, próprios ou de terceiros, incluindo em regime de alojamento local ou através de arrendamento, cessão de exploração ou outros”.
Contudo, os responsáveis da Guadamad 2 Development são todos espanhóis e três deles trabalham na Acciona Real Estate, um braço imobiliário da Acciona: Eva García San Juan (como presidente) é diretora económica e financeira da Acciona Real Estate, Álvaro Tejero é diretor do departamento internacional e Rafael Mareca é diretor do departamento jurídico, apurou o ECO. Questionada, a Acciona Real Estate não quis confirmar se está, ou não, envolvida diretamente na operação.
Esta não seria a primeira operação da Acciona em Portugal, que é considerada uma das três maiores construtoras de Espanha. Em novembro do ano passado, a empresa estreou-se em território nacional com o desenvolvimento de 100 casas no centro de Lisboa, num investimento de 40 milhões de euros, através de uma parceria com a Clever Red, do empresário Carlos Cercadilllo. Em fevereiro deste ano comprou um imóvel na Estrela.
PIP chumbado. Projeto precisa de alterações
Em novembro do ano passado, a Estamo entregou à Câmara de Lisboa (CML) um Pedido  de Informação Prévia (PIP) para a construção de um projeto de habitação, escritórios e comércio nestes terrenos. A proposta prevê que quase metade do terreno seja ocupado por espaços verdes, enquanto a outra metade será destinada a edifícios de habitação, escritórios, comércio e equipamentos, num total de 71.000 metros quadrados.
Ao todo estão previstos três edifícios — um com cinco pisos e duas caves e outro com dois pisos e quatro caves –, mas há um terceiro que se destaca ao prever 30 pisos acima do solo, num total de 135 metros de altura, para além de sete caves e 550 lugares de estacionamento. Este será destinado exclusivamente a habitação.

Torre nos Olivais, EstamoNa última resposta do Departamento de Licenciamento de Projetos Estruturantes, de 17 de abril, lê-se que o projeto tem de ser revisto. “Face ao exposto e, atendendo aos pareceres técnicos admitidos, sem prejuízo daqueles em falta, entende-se que a solução urbana proposta necessita de ser revista (…) pelo que se conclui que a mesma não tem viabilidade para prosseguir“.Este terreno esteve afeto a utilização militar e, em 2002, o Estado decidiu vendê-lo a si próprio, de acordo com o Público. O processo de venda aconteceu através da Sagestamo, sociedade pública de gestão imobiliária, que criou a empresa Bensest exatamente com esse objetivo. Foi vendido na altura por 32,5 milhões de euros e, agora, o Estado arrecadou 38 milhões de euros.

24 outubro 2019

FUTSAL - Jogos Fim de Semana 26-27 Out

SENIORES
Centro Ribamar - AMPortela/ZonaOptica 
.
JUNIORES
 AMPortela/ZonaOptica - Sport. Vila Verde
.
JUVENIS
 AMPortela/ZonaOptica - Maristas  1-3
Jogo entre duas equipas equivalentes. Ambas no fundo da tabela não poderiam apresentar um futsal normal. Não havia ali atletas que se destacassem a praticar  um futsal a que estavamos habituados a ver neste escalão. Apesar de ter começado melhor a Portela não conseguiu manter o mesmo ritmo apos as primeiras substituições. A chutar muito pouco à baliza e as vezes que se chutaram, a falhar golos de baliza aberta, não pode ser só dos esquemas taticos apresentados. Ha que haver a calma suficiente para se conseguir finalizar, não ha que ter receio de falhar passes ou de chutar à baliza.
Esta equipa da Portela não tendo atletas que marquem a diferença, terão de jogar mais na vertical e em velocidade, tentando jogar no erro do adversario. É o que as equipas que já venceram a Portela têm feito. Ha que animar e acertar mais com a baliza.
INICIADOS
Leões Porto Salvo  -  AMPortela/ZonaOptica 
.
INFANTIS
 AMPortela/ZonaOptica - Fonsecas & Calçada  3-3


Etiquetas:

18 outubro 2019

FUTSAL - Jogos de Fim de Semana 19-20 Out



SENIORES
AM Portela / Zona Optica  - Dramatico Cascais 5-3
Jogo muito equilibradocom uma fase inicial que parecia ser simples para a Portela, mas que depois se foi complicando. Com muito querer e com alguns momentos de sorte, a Portela acabou por ganhar bem. 
JUNIORES
Belenenses - AM Portela / Zona Optica  0-0
Grande jogo com muita emoçãoem que a Portela poderia ter saido vitoriosa,  tantas foram as oportunidades de golo e tantas as grandes defesas dos guarda redes de ambas as equipas. A Portela continua a falhar muitos golos depois de construir grandes jogadas.  Hoje em dia e neste escalão não se podem falhar golos assim. Há que treinar situações destas e adquirir calma para finalizar as jogadas com golos. Um jogo aberto e bonito de se ver. Hoje a equipa rodou mais , mas ainda se viu um ou outro jogador acabar o jogo em estado de exaustão. Mas já se melhorou bem e a atitude de competição foi muito interessante. Esta equipa da Portela tem todas as condições para passar à fase seguinte e conquistar um dos primeiros lugares.



JUVENIS
Leões Porto Salvo - AM Portela / Zona Optica  5-1
.
INICIADOS
 AM Portela / Zona Optica - Shotokai Queluz  3-5
.
.

Etiquetas:

FEIRA URBANA - DIa 19 Outubro

FEIRA URBANA DA PORTELA
Realiza-se no dia 19 de Outubro, das 10h às 14h, a Feira Urbana da Portela, no Jardim Almeida Garrett (espaço envolvente à Associação de Moradores da Portela).
Livros - Roupas - Loiças - Moedas - Discos - Cd´s - Fotografias - Frutas - Hortaliças - Bijutaria - Artesanato - Produtos Regionais e muito mais…
...Ver mais

10 outubro 2019

Cantigas de Baco - Concerto em Bucelas

É já no próximo dia 12 - Sábado, às 18h, que o Grupo Coral da Portela, apresentará um Concerto, no edifício das Caves Velhas, em Bucelas, "Cantigas de Baco".
Esperamos por vós!
Programem um passeio de Sábado, pelos campos que se vestem de Outono, e que a caminho de Bucelas, são muitos, degustem as iguarias que aquela freguesia tem para oferecer e assistam ao nosso concerto🎶😀
Saudações Musicais

09 outubro 2019

FUTSAL - Jogos de Fim de Semana 12-13 Outubro





Etiquetas: ,

08 outubro 2019

Obras de requalificação na Portela


Etiquetas:

06 outubro 2019

Eleições Legislativas na Freguesia

Aguardamos pelos resultados nas mesas da Urb. da Portela e na Urb. do Cristo Rei

Etiquetas:

05 outubro 2019

FUTSAL - Jogos de Fim de Semana 5-6 Outubro


SENIORES
AM Portela - GROB   2-5
Jogo perdido no banco. Um jogo que parecia ser calmo e com uma maior experiencia dos atletas da Portela, não se compreende que tenha acabado com um resultado destes. Não foi o rematar pouco e falhar muito que ditou o evoluir do marcador. Numa segunda parte que foi decisiva e nos momentos mais decisivos as substituições foram a destempo e desastrosas. Por vezes rematava-se de qualquer maneira e mal, não conseguindo marcar. Todo o azar que se tenha tido em jogadas que seriam de golo feito não justificam um resultado melhor. Esta equipa pode e deve fazer muito melhor  do que fez hoje e na jornada inaugural. Tambem no jogo da 1ª jornada na Qta Lombos o jogo falhou nas sustituições a destempo. Acreditamos que vamos melhorar bastante pois estas duas derrotas podiam mesmo ter sido duas boas vitorias.

JUVENIS
SL Olivais - AM Portela  3-4
Jogo  com animo e força de vontade de vencer. Esta equipa está a começar a adaptar-se a novos metodos de trabalho, pois apesar de ter elementos que jogam já ha alguns anos, têm mostrado alguma  indisciplina tactica. Defender bem e saber-se posicionar em campo é um bom trunfo e predicado para os seus atletas. Uma primeira parte em que a Portela não acertava marcações e que perdia a bola ao sair a jogar deu logo resultado que o Olivais rapidamente se colocar a ganhar por 2 golos sem que houvesse grande reacção. O Olivais volta a marcar ainda na 1ª parte fazendo 3-0 e so quase a terminar a 1ª parte, a Portela duma das unicas vezes que foi à baliza,,,adversaria, reduz para 3-1. O intervalo foi bom para a Portela que se apresentou com disposição de virar o jogo e logo numa das primeiras jogadas, esticou o jogo e foi fazer o 3-2. A partir dai , uma boa concentração permitiu dar a iniciativa ao adversario que começava a cometer erros, recuperando bolas e criando muito perigo. Por duas vezes podia ter empatado o jogo , ate que num lance de ganho se obteve o empate. A partir dai , era mais previsivel que fosse a Portela a vencer o jogo, pois o adversario estava manietado e cansado e a Portela criava ja muitas jogadas de perigo. Numa dessas jogadas a Portela passa a vencedor por 3-4 com um golo de belo efeito.  O Olivais já não tinha capacidade para virar o marcador e a Portela foi gerindo os minutos finais ainda com algumas jogadas de perigo. Esta equipa da Portela pode começar a animar e ainda fazer um Campeonato tranquilo.



01 outubro 2019

FUTSAL - Jogo Juniores a 2 Out


FUTSAL - Jogos Fim de Semana 27-28 Set

24 setembro 2019

FUTSAL- Jogo em Atraso JUNIORES


AMPortela/ZonaOptica - Vinhais   4-1
Jogo muito equilibrado na fase inicial em que a Portela vai para intervalo a vencer por 1-0 . As equipas encaixaram-se bem uma na outra com o Vinhais a sair sempre metendo a boa para a frente no seu pivot destacado. Rápidamente saiam para uma situação de ataque enquanto a Portela queria sair sempre de bola jogada, só que depois de organizar as jogadas não aparecia ninguem para rematar.  Acaba-se por ganhar uma bola de ressalto por pressão sobre um jogador adversario que quis sair a jogar marcando assim o golo da primeira parte. Na 2ª parte, o adversario imprimindo alguma velocidade ameaçou varias vezes a baliza da Portela , ate que consegue marcar e empatar o jogo. A Portela tinha que fazer alguma coisa, ate porque ja estavam em campo jogadores cansados e começa efectivamente a fazer umas substituições convenientes o que deu mais força e vontade de vencer aos seus atletas . Criando alguma pressão marca dois golos de belo efeito e dpois gere o tempo obrigando a um desgaste do adversario. O adversario faz um 5 para 4 mas a Portela defendeu bem e num desarme e num pontape de campo a campo faz um golo muito importante que faz o resultado final de 4-1. Houve ainda mais dois lances identicos de roubo de bola que podiam ter dado mais golos com pntapes de longe à baliza.