26 dezembro 2009

Mas que vergonha a nossa....


O jogador de futebol chamado Miguel que ainda anda na Selecção Nacional envolveu-se em desacatos à porta de uma discoteca na Cruz de Pau, na zona do Seixal o que levou à detenção de um homem, disse fonte do Comando Nacional da PSP.
A cena ocorreu pelas 05:00 da matina, quando um grupo de "quatro a cinco indivíduos", ente os quais o futebolista Miguel, tentaram entrar numa discoteca na Cruz de Pau, tendo sido impedidos de o fazer pelos seguranças.Na altercação que se seguiu, ocorreram disparos, que atingiram uma viatura estacionada nas imediações, tendo o grupo abandonado o local, dirigindo-se para Lisboa.
Pelas 07:00 o mesmo grupo regressou à discoteca, onde a PSP havia já "montado um dispositivo para os interceptar", o que veio a acontecer, tendo sido todos conduzidos à esquadra de Cruz de Pau para identificação
Segundo a fonte da PSP, o futebolista Miguel, que joga actualmente no Valência e os restantes elementos do grupo abandonaram a esquadra pelas 09:00, excepto o homem que foi detido, que deverá ser presente ainda hoje a tribunal.
É inaceitavel que tivessem deixado esse Miguel sair da Esquadra quando ha testemunhas a afirmar que foi ele o autor dos disparos.
Já não é a 1ª vez nem a 2ª que acontecem coisas destas com este tipo.
É uma vergonha que um tipo destes represente a Selecção Nacional.
Carlos Queirós ja deve ter a vida facilitada na decisão que deve tomar.

Etiquetas:

3 Comentários:

Anonymous Matumbo disse...

A democracia é meiga e serena.
Tambem era epoca de Natal.
A melhor prenda que podiam ter dado a Carlos Queiros.
Esse problema ja está resolvido, a não ser que o Madail o volte a desculpar.
Já é a 4ª vez e é de mais.

3:07 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

O gajo foi barrado pelos seguranças à entrada da discoteca RS dreams, em Corroios. Os ânimos exaltaram-se e, segundo testemunhas, Miguel terá começado a disparar com uma arma de 9 milímetros. Um dos principais alvos foi uma carrinha, que foi apreendida pelas autoridades, juntamente com o carro do jogador.
Como sempre, parece que fizeram pericias, e o gabjo saiu em liberdade, aparentemente por, na altura em que a autoridade chegou, a arma estar na posse de outro indivíduo que continua detido.
E é assim que se explica que um moinante e arruaceiro venha para casa, preparado para fazer outra.
Não se esqueçam que apareceu lá segunda vez às 7 h da manhã com mais capangas.
É obra, deixaram-no ir embora?
A esta hora já está em Espanha.

3:16 da tarde  
Anonymous outro matumbo disse...

"Miguel estava no momento errado e no sítio errado", diz advogado
O advogado do futebolista Miguel, que esta noite esteve envolvido numa confusão na noite, garante que o caso é um mal entendido. António Pragal Colaço, em entrevista à SIC Noticias, diz que o jogador do valência estava no sitio errado à hora errada e clama a inocência de Miguel, que não quer prestar declarações públicas.

Um gajo dedstes merecia era logo umas cacetadas no lombo. Um advogado que tambem vem mentir para a comunicação Social, merecia tambem levart logo umas arrochadas no lombo.
Marinho Pinto faz a folha a um mentiroso destes.
Comportamentos destes obrigam a levar ao Sec. XIX, deportando tipos destes. No serc. XXI é lança-los de para quiedas ou na mata africana, ou no meio do mar, para aprenderem a nadar.

1:19 da manhã  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial