12 dezembro 2010

CRISE NA JUNTA DE FREGUESIA DA PORTELA?

O Blog A Essência da Polvora citou um post do Portela dos Pekeninos chamando a atenção para a Assembleia de Freguesia do proximo dia 15.


Um pequeno post no Portela dos Pequeninos, "O Natal na Portela mesmo em tempo de crise", em que se questiona a oportunidade das iluminações de Natal na actual conjuntura, desencadeou uma onda de comentários, praticamente todos Anónimos e longe do espírito natalício da época, com criticas à actuação do novo Executivo PSD, falando-se ainda duma alegada demissão do Tesoureiro por discordâncias com a Presidente.

Talvez a próxima Assembleia de Freguesia da Portela, dia 15 de Dezembro às 21h, em que o primeiro ponto da Ordem de trabalhos é a "Apreciação do pedido de suspensão de mandato de membro da Assembleia de Freguesia" e o terceiro tratará da "actividade e situação financeira da Junta", seja uma oportunidade para ficarmos esclarecidos do que se passa realmente na Junta.

Lembramos que as Assembleias de Freguesia são abertas aos moradores, que podem ainda intervir fazendo perguntas e dando opiniões num ponto próprio da ordem de trabalhos.

Do Blog A Essência da Polvora



Etiquetas: ,

4 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

É habitual que se diga: eles que se amanhem.
É o que apetece dizer. Votaram neles? Agora aguentem.
Não deixem é de pagar os impostos, se não eles não recebem ordenado.
Pela descrito sobre o Orçamento, aquilo é mesmo assustador.
Mal dá para pagar aos funcionarios, tantos são eles.
Como foi possivel em tão pouco tempo?

10:38 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

O Costa das Tabuletas é que vai assumir a Tesouraria?
Tambem ficam bem entregues.

4:54 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

e o Bate Estacas?

8:22 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

A força política é composta por cidadãos que independentemente da "cor" devem estar atentos e intervir quando for necessário.
Hoje é um bom dia para os portelenses estarem presentes na Assembleia da nossa Junta. O afastamento do Tesoureiro (que vem do tempo da Dra. Maria Geni)é um "caso" que requer alguma atenção da nossa parte.
Será que voltámos ao Estado Novo? Quando temos opiniões diferentes somos castigados por isso? E a Democracia?
A actual Presidente da Junta foi eleita democraticamente, mas quem votou deve estar atento às movimentações que sucedem. A democracia não parece fazer parte dos planos da nossa Presidente. Tal como sucedeu na Escola Secundária da Portela quando a Dra. Manuela era directora.
É Pena que assim seja, mas é nossa obrigação estarmos atentos!

3:26 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial