07 dezembro 2012

Mas será mesmo assim...???

Ruas esburacadas, passeios armadilhados e constante aumento dos preços do estacionamento. Afinal quem serve e para que serve a LouresParque? É mais um imposto disfarçado que vai parar aos bolsos de "desconhecidos"? Quem são os seus verdadeiros donos? Para onde são vertidos os fundos depositados pelos automobilistas? Seria interessante sabermos algo mais acerca disto.

3 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Veja-se quem são os Administradores e os carros que usam para se saber desde logo para onde vai o dinheiro sacado abusivamente aos automobilistas, sim o porque o espaço é público, a Loures Parque é que se apoderou abusivamente dele para sacar dinheiro, o mesmo se aplica a todo o território nacional, tanta manifestação mas sobre isto toda a gente come e cala. As câmaras municipais não têm o direito de vender um espaço que não lhes pertence, é público. No entanto acho que deve haver ordem no estacionamento, mas não a pagar desta maneira.

7:51 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

mas a noticia é da EMEL

4:43 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Ser EMEL ou ser LouresParque,a tralha é a mesma. Em Lisboa ainda se pode justificar a fiscalização dos espaços de estacionamento, por não os haver e a procura ser grande. Agora aqui na Portela e no parque em referencia que durante horas e horas do dia não tem ocupação, qual a justificação para se chamar o reboque para retirar as viaturas. É so para sacar mais dinheiro. E depois os da troika é que são malandros? Mais malandros são estas gentes das empresas municipalizadas, que funcionam como esbirros piores que as autoridades policiais.Estes ainda têm chefias com capacidade para ponderar as diversas situações. Agora estes municipalizados são mesmo lateiros na profissão.

11:11 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial