22 janeiro 2013

DEPUTADO CONDENADO POR DENUNCIAR AS MENTIRAS ESCONDIDAS


ACTO INÉDITO: DEPUTADO CONDENADO POR DENUNCIAR AS MENTIRAS ESCONDIDAS DO POVO MADEIRENSE DURANTE 40 ANOS.

Coelho algemado

“SOU UM DEPUTADO CONDENADO POR FALAR A VERDADE”

 “Pela primeira vez, neste país que se diz de Abril, um deputado é condenado por dizer a verdade”, afirmou José Manuel Coelho na intervenção de abertura da sessão plenária de hoje, na ALM.
O deputado do PTP subiu à tribuna vestido de prisioneiro, lembrando que foi condenado a uma pena de prisão, suspensa, por “dizer a verdade” e denunciar crimes públicos como a má gestão, a corrupção e a violência doméstica.
Coelho acusou os tribunais de não darem o mesmo tratamento a Alberto João Jardim, que comparou a Salazar e a quem acusou de favorecer “amigos”  e deixar a Madeira “na bancarrota”.
O deputado lembrou os insultos de Jardim a António Guterers, a quem chamou mafioso, aos deputados, tratados como “um bando de louco” e as afirmações “xenófobas” contra os chineses.
“Alberto João e o seu regime vão cair, como o seu antecessor Salazar”, afirmou.
Fonte: Diário de Notícias online

2 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Este povo é mesmo pacifico, não há quem tenha a coragem de dar dois pares de estalos na cara deste palhaço, que vive à custa do erário público e ainda reclama!

11:42 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Mas os dois pares de estalos são para quem? Para o troglodita do Alberto J. Jardim?
Sim eram bem dados mas ja devia ter sido ha mais de 20 anos. O povo da Madeira vai pagar bem caro as maluqueiras deste lunatico.

3:28 da tarde  

Publicar um comentário

Subscrever Enviar feedback [Atom]

<< Página inicial