11 novembro 2013

2ª REUNIÃO ORDINÁRIA DO ÓRGÃO EXECUTIVO DA FREGUESIA DE MOSCAVIDE E PORTELA



-Realizou-se a 2ª.Reunião Ordinária do Órgão Executivo , conforme edital .

A Sala  - onde decorreu a Reunião -  foi pequena para tanta afluência do público.
- Abriu a Reunião a Srª.Presidente do Executivo , tendo dado conhecimento a todos os presentes de vários assuntos, nomeadamente sobre a extinta Junta de Freguesia de Moscavide:

 Por serem tão vastos os temas tratados, passamos a enumerar alguns que deixaram surpreendidos os presentes:

-Aulas de Taido, pagamento de subsídios  sem suporte documental.
-Danças de Moscavide, pagamento de subsídios sem suporte documental.
-Renda de IPSS,com contrato desde 1975.
- Bombeiros de Moscavide e Portela , atribuídos 32.000 euros, por protocolo de Julho de 2010,   para uma viatura de lavagem de Ruas de Moscavide.
Esta viatura adquirida em 18.07.1984 está parada no quartel , por avaria, antes da assinatura do Protocolo.
- Uma funcionária do Jardim de Infância, foi transferida após as eleições de 29 de Setembro último para outra autarquia  - sem conhecimento da nova Presidente - levando consigo a chave do cofre do Jardim de Infância.
- Outra funcionária que exercia as suas funções no Edifício da Junta, também saiu - após as eleições -  para outra autarquia, levando consigo as passwords das Comunicações ( Vodafone) causando graves problemas ao funcionamento dos serviços da Junta.
- O ex-Presidente levou o IPHONE que lhe estava destinado, enquanto presidente, e até a data ainda não o entregou.
- O Cofre do Edifício da Junta, aberto após a tomada de posse do novo Executivo, continha mil e poucos euros.
- Havia funcionários que recebiam além do vencimento normal, mais 20%, e noutros casos 40 a 60%.
- Contrariando a lei, havia funcionários que recebiam anualmente, 100, 200, 260 e outros 419 horas de trabalho extraordinário.
-Prosegur-há uma dívida com vários anos a esta empresa, porque o presidente cessante se recusou a pagar.
- Os relógios de ponto do pessoal -situados no edificio da Junta e no Jardim de Infância , continuam
  pela hora de Verão.
- ÀDSE, dívida anterior a 29 de Setembro último,paga com cheque sem cobertura.
-Pessoal avençado, Moscavide com 38 e Portela com 5.
-Além deste casos, ainda foram revelados outros.

NOTA DO BLOGUE IMPARCIAL
Esta reunião de Junta parecia mais uma carreira de tiro porque cada "tiro" da srª.Presidente era um buraco que se abria na ex-Junta de Moscavide.

28 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Levaram as chaves do Cofre do jardim Infantil?
Mas foi de proposito ou esquecimento? teria ido no bolso da bata?
E o iphone? foi para passas os contactos para outro telemovel? Mas isso faz-se em dois dias no maximo.
Não me digam que ainda havera mais historias dessas.

11:32 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

A mulher não percebe nada de nada de gestão autárquica e depois diz disparates uns atrás de outros.

1:51 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

Agora resta saber se o que foi dito é verdade. Pelo o que sei quem vai querer levantar estes temas todos em praça pública até vai ser o PS. a Manuela que se prepare para depois explicar o porquê de ter dito o que disse.

1:51 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

Uma vergonha aquilo que se passa na junta da Portela, ninguém tem credibilidade nenhuma, infelizmente uma vez mais a Dr. Manuela Dias tem atitudes de tudo menos de Dr. e seus anjos protectores os Testos que sem a Dr. acaba a família visto que trabalham lá todos. Lamentável ainda a Dr. Alexandra que de tesouraria não sabe nada de certeza para colaborar com todas situações faladas hoje....Temos muitos Dr. mas infelizmente são Dr. que de gestão autárquica não sabem nada, Jorge Testos mais um novato da Família de máfia organizada, tão novo e já com tanta falta de princípios...Testos mais Testos mais Testos mas ainda entra o neto um destes dias

1:52 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

Só MENTIRA na reunião e neste im parcial PSD

1:52 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

Sei quem já avançou para tribunal com um processo de difamação contra a Manuela Dias. Com a comerciante de Mosacavide, em apenas duas semanas já vai em 2.

1:53 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

Como é possível alguém com responsabilidade dizer este tipo de coisas sem provas!? Isto é de uma falta de respeito e de ética enorme, a Dra. Manuela tem que ir a uma consulta, porque pelo o que tenho assistido só pode não estar boa.

1:56 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

Mas todas estas situações ainda não foram entregues ao Ministério Público?

5:26 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

A pessoa que saiu do jardim Infantil é a tal Lança?

6:47 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

Agora daqui para a frente é cada cavadela sua minhoca.
A Vila de Moscavide so ficara a ganhar com estas mudanças. É uma lufada de ar fresco.
A limpeza nas ruas e passeios ja se começou a notar.
ha ainda muita coisa para limpar.

1:16 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Agora é que vão ser elas. Como é que vão justificar ao povo de Moscavide aquilo que foi feito e o que não foi feito?
Quando o povo souber o que se passou nem quererá olhar para a cara deles.

1:43 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Ao novo executivo da Junta ficava-lhe bem ter uma postura mais recatada na abordagem da "herança" de Moscavide. Certos assuntos, deveriam ser resolvidos sem alardes públicos que só por revanchismo político veem a ser tratados na "praça pública", pois que "quem com traça vive com traça morre" e atrás de tempo, tempo vem!
À nova Presidente fica-lhe bem uma postura mais civilizada e não se colocar ao nível dos "patos bravos"!

7:35 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Ao comentador da 1.52 AM:
"Só MENTIRA na reunião e neste im parcial PSD"
Devo dizer-lhe que tudo o que foi relatado neste Post foi presenciado por dezenas de pessoas que lotaram a sala onde se efectuou a Reunião.
Quanto a ser do PSD, não me revejo em nenhum Partido mas sim nas pessoas que dirigem bem os mandatos em que foram eleitas.
Quanto ao facto de expor aqui factos que agradam a uns e a outros não, não tenho qualquer culpa.
Estarei sempre pronto para denunciar situações , sejam contra qualquer Partido ou individualmente, desde que não correspondam à verdade e sejam manifestamente prejudiciais a terceiros e não só.
Termino com o lema deste Blogue : A VERDADE DÓI.
Com os cumprimentos do (IM)PARCIAL

10:00 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Os senhores que antes de 29 Setembro vinham para aqui dizer "sou PSD mas voto PS" "vai ser limpinho" "A Portela não gosta da Manuela" etc etc são os mesmos que agora estão a fazer estes comentários.
O PS devia ganhar coragem e abrir um inquérito interno para apurar se é verdade.

2:08 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Não foi só na Junta que este tipo de situações aconteceu, lá para os lados de Loures até ficaram com os telefones fixos.

2:09 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

É muito importante e legítimo que o novo executivo levante, ao tostão, a gestão cessante. Sempre se fêz e é uma prática transparente para que, quem quer que seja que detenha em determinado momento o controle da "coisa pública", possa assumir responsabilidades, defendendo-se, explicando. É no sítio próprio, como foi, que tudo deve ser dito. Isto porque os políticos agem em nome do Povo. Todos. Não há nem pode haver silêncios, anuências, conivencias. Essa é a grande virtualidade: podermos sindicar tudo porque vivemos em Democracia.
Miguel Matias

1:09 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Quando isto começa a dar para o torto, os ratos abandonam o navio.

11:46 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

A Junta de Freguesia do Prior Velho está receber os "refugiados da ex-Junta de Freguesia de Moscavide:
- As primeiras a cavarem após as eleições foram a nora do Daniel Lima e a Maria João,braço direito do DL.
-Agora também, aproveitando a mobilidade das suas leais colaboradoras também arranjou aí trabalho como responsável do departamento de Obras o D.LIMA.
- O seu filho Ricardo Lima,funcionário da Junta de Moscavide ( antes da sua eleição para Vereador em 2009), também pediu três anos de licença sem vencimento.
- Quanto à esposa do ex-presidente,antes das eleições, também arranjou mobilidade para ser colocado na CMLoures, talvez já prevendo a tempestade que se aproximava.Vejamos o Aviso da CMLOURES:

"MUNICÍPIO DE LOURES
Aviso n.º 9694/2013
Consolidação da mobilidade interna na categoria
Para os devidos efeitos torna -se público que por despacho do Sr. Presidente
da Câmara Municipal, e após anuência da Junta de Freguesia
de Moscavide, foi autorizada a consolidação definitiva da mobilidade interna na categoria da trabalhadora Maria Fernanda Rodrigues Monteiro Lima, com a categoria de Assistente Operacional, com efeitos a 21 de junho de 2013, nos termos do artigo 64.º da Lei n.º 12 -A/2008,
de 27 de fevereiro, alterado pelo artigo 35.º da Lei n.º 64 -B/2011, de 30 de dezembro.
21 de junho de 2013. — Por subdelegação de competências da Vereadora dos Recursos Humanos, o Diretor do Departamento, Carlos Santos

8:56 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Mas ja apareceram verbas para pagar os ordenados dos trabalhadores afetos à antiga autarquia de Moscavide? Se não havia dinheiro, como é que pagaram? E aos autarcas, ja pagaram? Normalmente eram os primeiros a receber.E as contas dos telemoveis, ja pagaram?
Este Executivo ao assumir funções deverá tambem ter assumido todos os creditos e debitos existentes em Moscavide. Parece que não eram poucos.

10:30 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

Mas contrariando também a Lei esta mesma presidente aumentou as funcionárias da secretaria de junta da portela em mais de 10% quando iniciou funções, configurando um caso semelhante ao da câmara de Setúbal que veio a público e que o tribunal de contas mandou repor.

7:11 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Na reunião não se tratou de nada da "extinta" Junta de Freguesia da Portela? É para admirar, não?!

7:27 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Parece que é verdade que não se trataram de assuntos da extinta freguesia da Portela, pois os casos de Moscavide eram tantos e tão graves que nem duas sessões chegariam para os abordar. A deserção de alguns quadros da freguesia e suas instituições, dariam para desconfiar das suas isenções. O não haver dinheiro para pagar aos seus funcionarios, a entrega dos telemoveis que eram mais do que mato,os funcionarios sem contratos ou com contratos verbais, os subsidios dados sem justificativos, tanta e tanta coisa que ficou por apresentar.
Só uma auditoria poderá esclarecer o que se passou e ira passar. Ao actual executivo convem resolver esses problemas o mais rapido possivel para poderem trabalhar como deve ser. Aos que estiveram estes anos em Moscavide, convem-lhes dizer que ha perseguições e que tudo o que estão a fazer , está tudo mal feito.Parece que querem seguir o exemplo daquele funcionario que agora pediu 3 anos de licença sem vencimento esperando que o partido lhe arranje um tacho acima das suas qualificações.

9:21 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Mas se assim é de que estão à espera? Faça-sem uma auditoria, sobretudo se existem situações de fraude ou corrupção ou coisas do género. Sim, porque simplesmente má gestão isso é em todo lado!

9:24 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

E na Câmara de Loures, não há coisas do género. A trupe era a mesma!

9:26 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Existe por aí um espertalhão,que por interesse pessoal, quando quer dizer banalidades,faz comentários com o seu nome, quando quer inflamar, fá-lo como anoónimo ou por pseudónimos.

É um dos principais políticos de Loures desde 2005, até já diz mal dos seus companheiros, tentando passar pelos pingos da chuva. Como é possível afirmar "Sim, porque simplesmente má gestão isso é em todo lado"?

Estará a gozar com a população, ou defende a impunidade e falta de responsabilização por actos de má gestão, em qualquer lado! Ainda bem que vivemos em Democracia...

"Ah triste sina esta. Miséria de políticos de bairro que nós temos. Não valem nada"- frase retirada de um comentário anterior, deste blog.

7:46 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

Se é quem penso, ja não mora na Portela.
Siga a banda.

9:54 da manhã  
Anonymous Anónimo disse...

"olhe que não, olhe que não"!

1:41 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

A Junta está totalmente dominada pela família testos e enquanto isso continuar não há solução para nada a não ser o patriarca promover o incompetente do filho e meter lá os amigos e familiares. São todos uns incompetente que só lá estão para fazer politica partidária na defesa de interesses pessoais. Como não percebem nada de nada afirmam-se com atitudes prepotentes e ameaçadoras.

12:26 da manhã  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial