11 dezembro 2014

SUPERMERCADO SUPORTEL - no CENTRO COMERCIAL

CENTRO COMERCIAL DA PORTELA - SUPERMERCADO SUPORTEL RIVALIZA COM O PINGO DOCE E CONTINENTE

Uma constatação do Blogue Imparcial sobre o Supermercado do Centro Comercial

O Supermercado Suportel , situado no rés-do-chão do Centro Comercial da Portela, onde é possível encontrar todos os produtos com qualidade -  que são necessários no dia- a- dia das pessoas - tem alterado a sua política de preços, tendo o IM(PARCIAL constatado que a maior parte dos produtos à venda neste estabelecimento são mais baratos que no Pingo Doce(Cristo-Rei) e Continente(Parque das Nações).  
Os parabéns à gerência do Suportel , pela sua visão comercial , por não se ter encostado à sombra da "bananeira, continuando a ser o local preferido de quem quer comprar bom e acessível à carteira dos consumidores.
Também queremos realçar a simpatia dos funcionários que têm contribuído para o bom ambiente com os clientes.

Do Imparcial

Etiquetas:

13 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

O SUPORTEL está de parabéns.
Só é pena que - no tocante aos legumes e frutas - tenha os produtos mais caros que a Frutaria Mini-Mercado D´avó localizada no Centro Comercial, ao lado do Padaria Pão Quente.


4:17 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Então há boas razões para não comprar frutas e legumes no Suportel. É comprar então só os secos.

8:55 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

O Suportel é das Lojas mais antigas do Centro Comercial. No entanto as Lojas que abriram e ainda não havia electricidade no Centro, foi uma mercearia da Dª Aida que aviava os clientes de petromax e parece que se chamava a Loja do Bacalhau.
Um dos seus fornedores - o das batatas - foi proibido de lhas fornecer pelo Suportel que tambem era cliente desse batateiro. A Dª Aida não se importou. Mudou de batateiro. Tempos dificeis na altura em que a sobrevivência e a inveja imperavam. Talvez por isso não tenham sido abertos outros supermercados no Centro Comercila. Ainda hoje, parece que as feiras na Rotunda incomodam alguns comerciantes do Centro. Uma guerra entre produtores directos e intermediarios. Nisto os intermediarios que não acrescentam valor, mas somente acrescentam preço, saiem sempre a ganhar.

9:30 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Mas o que esta gente sabe. E a Casa dos Cafes da Portela? Tambem deve ter a sua historia. Começou com 2 socios que se separaram.

10:45 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Sobre o monopólio das Lojas no Centro Comercial da Portela, temos um exemplo
flagrante:
Por que será que só a MULEMBEIRA pode ter máquinas de apostas de totoloto/totobola e euromilhões.
Responda quem souber?

5:59 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

E a Farmácia? e a Drogaria?

E porque no regulamento do Centro está proibido de abrir outro supermercado no Centro?

E o dinheiro do IARN?

9:46 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

A frutaria ao lado da Padaria? aquela que o livro das reclamações está cheio e até já recebeu a visita da ASAE?

9:47 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

O comentador das 09.47 da tarde, tem razão quando diz:
"A frutaria ao lado da Padaria? aquela que o livro das reclamações está cheio e até já recebeu a visita da ASAE?"

PORQUÊ:
-O livro de reclamações está cheio de reclamações, porque vende mais barato que os outros vizinhos, caso da Frutaria Agostinho & Carrasco, situada no mesmo corredor e que faz campanha a denegrir a Frutaria em causa.
Os responsáveis da loja Agostinho & Carrasco já se mudaram para o rés-do-chão porque no 1º.andar não se safavam e com a política do "dizer mal" não conseguem alcançar os objectivos que tinham em mente porque há um concorrente que consegue ter melhores preços, qualidade e higiene.
-Quanto à visita da ASAE , saiu o "tiro pela culatra" aos que pensavam que fazendo queixinhas iam derrubar um concorrente.
Afinal a ASAE até considerou que o estabelecimento reunia as condições exigidas pelo que não houve levantamento de nenhuma contra-ordenação.
- Seria bom que os opositores fizessem o que os responsáveis da Frutaria invejada fazem, ou seja,quase diariamente após o horário laboral, retiram para o exterior, todos os expositores (do meio) para que a responsável e a ajudante façam as respectivas limpezas de modo a que tudo esteja ao gosto dos clientes.
Não queiram lançar mentiras, porque é muito feio.
Sempre Atento

6:59 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

A Santa Casa da Misericordia é que é culpada em não deixar que haja outros interessados em explorar o Euromilhões. Parece impossivel que num universo de 20.000 pessoas so haja uma casa autorizada. É um maná que deve estar a ser muito bem coberto , não se sabendo por quem. Faz lembrar o monopolio que a Farmacia teve durante tantos anos. Felizmente que na Portela já há 3 Farmacias, mas no Centro só ha uma. Mas custou muito à Pedro Gomes. Tambem não se tem um Centro Social à altura porque o pessoal do Centro, sempre os mesmos não deixaram que a junta tivesse uma parceria e um protocolo com uma grande superficie. Assim prejudicou-se um conjunto enorme de seniores habitantes na Portela, para proteger meia duzia de comerciantes que ja se encheram o suficiente e que agora investem no exterior. É altura de alterar este paradigma.Dar oportunidade sim, a quem queira trabalhar e progredir. Estes agora que vão progredir pra terra deles.

3:07 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Não sabia que o pessoal dessa frutaria fosse assim tão invejoso. Esta frutaria ate parece o mercado do Roque Santeiro. Nunca pensei.

3:10 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

PARQUÍMETROS NA PORTELA E EM MOSCAVIDE.
Porque será que a Loures Parque não deu neste mês de Dezembro, como era costume, 01 hora de estacionamento grátis aos utentes que tem de se deslocar ao Centro com as suas viaturas?
- Em Moscavide, ao contrário da Portela, este bónus está a ser dado.

- Porque será que em Moscavide não se paga parquímetros aos sábados - todo o ano - e na Portela sim?
Sempre atento

4:18 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

1 - Parquímetros na Portela e em Moscavide.
Aproveito a oportunidade para esclarecer o Sempre Atento e quem não saiba:
Como é sabido a Administração do Centro Comercial da Portela tem um acordo com a Loures Parque sobre estacionamentos na sua zona pelo qual tem direito a 35% das receitas.
Sendo assim não admira que a Administração "esqueça" aqueles que vão fazer compras ao Centro, porque junta o útil ao agradável.

2 - UM CENTRO SOCIAL NO CENTRO.
Ao comentador das 3:07 da tarde esclareço, transcrevendo uma parte do seu comentário
"não se tem um Centro Social à altura porque o pessoal do Centro, sempre os mesmos não deixaram que a junta tivesse uma parceria e um protocolo com uma grande superficie".

- Quando os Cinemas estavam à venda, a C.M.Loures propôs à Presidente da Junta de Freguesia da Portela(Dª Geni) e actual Administradora do CCP o seguinte:
A CML comprava aquele espaço ( à semelhança daquilo que fez com o Cinema de Moscavide(actual Centro Cultural), suportando a Junta o condomínio mensal de cerca de 500 euros.
Como a drª Geni recusou tal proposta, a compra ficou sem efeito e quem perdeu foram as crianças e os adultos que foram privados de um espaço onde seriam realizados os eventos e outras iniciativas que seriam bastante importantes para os habitantes da Portela e não só.
Foi Pena

2:36 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Se calhar, quando o mini mercado estava a funcionar (o que já não acontece) deveriam dar uma olhada para o talão da caixa...

8:23 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial