06 abril 2017

Ciclovia - Percurso Ciclavel

Não fosse a confusão que vai gerar nas principais vias de saída da Portela ate seria interessante existir uma ciclovia a passar pela Portela O congestionamento de transito e a dificuldade de transito junto à Escola Primaria e à Creche na saída para Moscavide na Av. dos Descobrimentos, como o estreitamento de vias nas Av .da Republica e na Rua Mouzinho de Albuquerque. A supressão de estacionamentos na saída para Sacavem vai tambem trazer muitos incómodos e prejuizos para os moradores da Portela. Com isto, tambem não foi acautelada a reposição de estacionamentos "roubados", até porque já que havia um deficit de mais de 120 lugares na Portela, segundo estudos anteriormente elaborados. Com tantos espaços mortos, podia-se ter uma ciclovia com outros contornos e a recuperação de espaços para estacionar.

 

Etiquetas:

4 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Cerca de duas centenas de moradores de Carnide, em Benfica, juntaram-se esta quarta-feira à noite para arrancar os sete parquímetros da EMEL colocados na zona histórica do bairro.
Como não estavam a ser salvaguardados os interesses dos moradores nem ninguem os tinha ouvido tiveram uma atitude digna em protestar desta maneira.
Vamos ver o que vai acontecer na Portela quando a ciclovia se instalar em definitivo. Quem irá repor os estacionamentos retirados? Houve algumas negociações?

5:49 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Mas querem comparar o civismo das gentes de Carnide com a Portela? Quem já reclamou junto da JF ou da Câmara? Reclamei eu e a Dra Manuela Dias confessou que fui o ÚNICO até agora a reclamar...parece que os Portelenses gostam de andar às voltas à procura de estacionamento.... ou pagar parquímetros para ter o carro perto das suas casas...ou deixarem daqui a pouco o carro em Moscavide ou no Prior Velho....ou deixarem fazer ciclovias que só vão aumentar a confusão e o risco de atropelamentos...e que bela poluição vão respirar os raros ciclistas que andarão por aqui....ao lado dos autocarros....

8:29 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

Civismo cada um tem o que tem, mas quem teria de pugnar pelo bem estar dos seus moradores seria normalmente a Junta de Freguesia e ou a Associação dos Moradores que são as entidades que mais próximos estão dos moradores e que sentem o que é melhor para a Portela.As Câmaras exercem uma autoridade prepotente sobre os mais próximos representantes das populações e isto não é só aqui. Em todo o País isso acontece. Lamenta-se que o leitor das 8:29 tenha siso o unico que se manifestou, mas sabe-se que os moradores e administradores dos Lotes baixos junto à Escola se manifestaram e bem quem presencialmente quer por escrito perante representantes da Câmara e da Junta e ninguem os levou a serio. E agora vê-se a "cagada" que lá está. Na Rua Mouzinho de Albuquerque que era uma das vias mais largas da Portela, não se deixava la estacionar e colocaram lá sinais para isso e agora deixam que se façam duas vias para a ciclovia. É um luxo, e so aqui foram mais de 35 lugares com impedimento para se estacionar. Na Av. da Republica, a mesma coisa com duas vias. Enfim. A quem beneficia isto?

9:03 da tarde  
Anonymous Pedro disse...

E alguns passeios ficaram tão pequenos que nem a Olivia Palito lá passa, temos que ir na ciclovia. O que vale é que está sempre vazia.

E na Mouzinho de Albuquerque ao pé das farmácias os autocarros deixaram de se conseguir cruzar, passam sempre bastante devagar e com pouco espaço.

1:07 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial