04 novembro 2017

Será Agora com este novo Executivo da Junta? Estava no Programa de candidatura

JÁ NÃO É A 1ª VEZ QUE SE ALERTA PARA ESTA SITUAÇÃO PERIGOSA DESTE ENTRONCAMENTO.
A má disposição e coordenação do sistema semafórico, bem como a falta de sinalização vertical, a orientar a entrada para a Portela dando-lhe faixa unica, têm permitido uma continuidade de acidentes bem evitaveis.
Normalmente os acidentes acontecem com quem tenta entrar na Portela vindos do lado do Lidl que de um momento para o outro se confrontam em estar no meio da avenida, com as viaturas que arrancam da Portela para o Ralis. Esses estouros por vezes são inevitáveis.
Outro caso ocorre com quem vem do Ralis e se dirige para o Lidl ou Sacavem e circulam encostados na faixa da direita. Quando dão por ela e com a sinalização no pavimento ja meia sumida, travam de repente e a viatura que vem atras não tera tempo nem se apercebe do inevitavel. Batem mesmo...e de quem é a culpa?
As companhias de seguros pelos acordos que têm feitos ha ja varios anos e para não se chatearem muito, atribuem a culpa ao que bate. Elas la se entendem. A policia tambem começou a alinhar pelo mesmo acordo das companhias e ainda mais, pelo quem bate paga.
Vejam este acidente:

E com isto ninguem quer culpar a falta de sinalização, a sinalização adequada, a sinalização no pavimento com limitadores de faixas e varias outras hipoteses que ja existem estudadas e bem estudadas.
Se ja existem as tais rotundas turbo, porque não arrancar aqui com um entroncamento turbo ou mesmo com uma rotunda turbo.
Como as entidades não estão para se incomodarem mesmo com uma sinalização adequada, vamos continuar a assistir com acidentes parvos e estupidos neste entroncamento. Coloquem la uma sinalização vertical orientando os destinos Sacavem e Portela com as obrigatoriedades de mudança de direcção. pelo menos este tipo de acidente de bater por tras quando a viatura da frente trava repentinamente...porque se enganou e quem vem atras não tem tempo de reagir. Quem consegue reagir, não bate, mas esta sujeito a quem vem atras lhe bata mesmo.
Senhores autarcas, vamos la fazer um esforçozinho. Não poupem no farelo para gastar na farinha.



A viatura preta quer seguir para Sacavem, no entanto circulava na direita onde existe sinal no chão a obrigar virar à direita. vendo o erro e não querendo virar à direita, que o poderia fazer, resolve travar de repente pondo em perigo quem vem atras.


O choque foi inevitavel. No entanto parece que as autoridades e mesmo as companhias de seguro, culpam quem bateu independente da asneira bem visivel que foi a travagem brusca sem obstaculos visiveis que a isso obrigasse. Quem circula na faixa direita e entra na Portela, normalmente não faz sinal de piscas, pois obedece à sinalização semaforica e à obrigatoriedade de virar à direita.

0 Comentários:

Publicar um comentário

Subscrever Enviar feedback [Atom]

<< Página inicial