15 outubro 2013

Um Olhar sobre as Quintas da Portela.

Nesta Carta de 1950 nota-se bem a demarcação do território das 7 Quintas da Portela no Concelho de Loures. Por razões que se prendiam com os interesses da Igreja, na altura o Arcebispo de Mitilene não consentiu que a Quinta do Seminario e a dos Candeeiros integrassem o Ante Plano da Urbanização da Portela. Hoje em dia já não há esse problema, pelo qual, se houver uma separação de freguesias, haverá toda a legitimidade para integrar essas duas quintas na Freguesia da Portela.

Etiquetas: ,

2 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Tem toda a logica e corresponde aos interesses dos moradores dos Jardins do Cristo Rei, implantados em parte nas duas quintas.
Ate pelo moderno das suas habitações e pela barreiras de separação da CRIL justifica que este territorio se integre definitivamente nas terras da Portela.

2:14 da tarde  
Anonymous Anónimo disse...

É bom começarem a pensar nisso.
Depois da troika se ir embora e começarmos a ter habitos de poupança e contenção de despesas, nas roupas de marca e nos miminhos aos tesourinhos deprimentes, pode-se começar a pensar em reunificar as 7 quintas. O 7 é um numero cabalistico. Não é por acaso que ha as 7 saias e os 7 mandamentos.

9:37 da manhã  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial